Publicidade
Início Notícias Gestão Ao menos um terço dos projetos de desenvolvimento de software atrasam ou...

Ao menos um terço dos projetos de desenvolvimento de software atrasam ou estouram o orçamento, relata estudo

0
tecnologia
Publicidade

O Boston Consulting Group (BCG) acaba de divulgar o estudo Software Projects Don’t Have to Be Late, Costly, and Irrelevant, que revela os desafios enfrentados em projetos de desenvolvimento de software. A pesquisa, conduzida globalmente com executivos C-level de 25 indústrias – incluindo tecnologia, bens de consumo, varejo, saúde, manufatura, entre outras –, identificou que 30% dos projetos enfrentam atrasos ou estouros de orçamento, na visão de praticamente metade dos executivos entrevistados.

O levantamento também constatou que um em cada cinco entrevistados indica que aproximadamente metade dos projetos não geram resultados satisfatórios. Entre as principais causas estão a falta de alinhamento entre as equipes de tecnologia e negócios, prazos irrealistas e recursos escassos.

“Identificamos que, quando os líderes de tecnologia estão diretamente envolvidos desde o início da estratégia de desenvolvimento, os projetos têm uma taxa de sucesso 154% maior”, comenta Alessandro Pereira, diretor do BCG. “Também descobrimos que quando são implementados sistemas de monitoramento de cronograma e orçamento adequados, os alertas de desvio de execução gerados fazem com que as taxas de sucesso aumentam em até 16 pontos percentuais, aumentando as possiblidades de chegar aos objetivos esperados”.

De acordo com a consultoria, as equipes de tecnologia da informação (TI) de 64% dos respondentes já utilizam algum tipo de ferramenta de desenvolvimento ágil de software, entretanto esta prática isoladamente não tem garantido consistentemente o sucesso das atividades. Além disso, implementar sistemas de incentivos para melhorias em métricas-chave de desenvolvimento de software aumenta em cerca de 25% a taxa de êxito das iniciativas de TI.

Ainda segundo o material, a presença de gerentes de produto com habilidades abrangentes aumenta ainda mais as taxas de sucesso dos projetos em 30%, e engenheiros especializados em métodos de design em grande escala e machine learning melhoraram os resultados dos em 14%.

“Com base nas respostas da pesquisa, determinamos que, para gerar melhores resultados em TI, as empresas precisam criar e incentivar parcerias estratégicas entre as áreas de tecnologia e negócios, fornecer incentivos, propiciar uma mudança cultural e realizar constantemente o acompanhamento de desempenho, com recrutamento de talentos qualificados”, finaliza Pereira.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile