O poder analítico potencializado pela nuvem

0
0

Já não há mais dúvidas: as organizações estão migrando para a nuvem, seja para otimizar o custo (TCO), seja para ter mais agilidade para alcançar seus objetivos de negócios. Afinal, contar com infraestrutura, software e serviços na nuvem oferecem a flexibilidade e o poder de processamento necessários para o sucesso dos negócios no novo mundo ditado pela transformação digital.

Ao longo dos anos, o SAS fortaleceu seu portfólio para nuvem e trabalhou em estreita colaboração com milhares de clientes em todo o mundo para ajudá-los a maximizar sua produtividade e aumentar sua competitividade. Hoje, suas soluções analíticas estão apoiando um grande número de empresas de todos os setores a responder de forma ágil, enfrentar e superar esta situação excepcional e planejar sua recuperação.

Estamos testemunhando o potencial da economia analítica, que tem na nuvem o seu maior impulsionador. A edição virtual do SAS Global Forum 2020 foi um exemplo disso. Durante o evento, o SAS anunciou importantes alianças, atualizações e estratégias que reafirmam a visão da empresa de fortalecer suas ofertas em nuvem e acompanhar seus clientes em todas as etapas da transformação digital.

Um dos destaques foi a parceria entre SAS e Microsoft, por meio da qual as duas empresas criarão as condições para os clientes executarem seus processos analíticos na nuvem, migrando tecnologias analíticas SAS para o Microsoft Azure e desenvolvendo soluções conjuntas. E, nos próximos meses, a Microsoft integrará as tecnologias SAS às suas plataformas na nuvem, como Dynamics 365, Microsoft 365 e Power Platform.

Além disso, para acelerar a migração de seus clientes para a nuvem, a KPMG e o SAS anunciaram seus planos de estabelecer Centros de Aceleração de Nuvem na América do Norte, na Europa e na Ásia. O objetivo desses centros é reunir equipes multidisciplinares que darão suporte a clientes que já possuem seu próprio ambiente em nuvem, assim como acompanhar as empresas em sua jornada de migração, do design e arquitetura à implementação, de uma maneira mais acessível e rápida.

A estratégia de nuvem SAS é reforçada com a metodologia SAS Move2Cloud, que permite a uma migração para a nuvem de forma otimizada, rápida e segura. Ou seja, o SAS Move2Cloud ajuda a definir o que deve ou não migrar para a nuvem graças a aceleradores e a uma metodologia que analisa seu ambiente e cargas de trabalho, identificando rapidamente um cenário otimizado de migração.

Finalmente, o SAS anunciou que, até o final deste ano, lançará a plataforma SAS Viya 4. A nova arquitetura SAS, cloud native, permitirá que os clientes tenham acesso a todos os benefícios da nuvem – flexibilidade de licenciamento, elasticidade, ciclos de entregas curtos para novas funcionalidades no produto, e um ecossistema analítico completo que vai ter permitir transformar seus dados em decisões inteligente em minutos. Não importa onde esteja a sua infraestrutura.

Bruno Maia, diretor de inovação para América Latina do SAS, líder global em Analytics.

Deixe seu comentário