Publicidade
Início Comunicações Mobile Sony aumenta projeção de prejuízo para US$ 2,5 bilhões no ano fiscal...

Sony aumenta projeção de prejuízo para US$ 2,5 bilhões no ano fiscal vigente

0
Publicidade

A fabricante japonesa de eletrônicos Sony anunciou um aumento na estimativa de perda para o ano fiscal de 2014, a ser encerrado em 31 de março. Com base em dados preliminares, a companhia prevê agora um prejuízo de 230 bilhões de ienes (o equivalente a US$ 2,5 bilhões), cifra quase cinco vezes maior que a prevista há quatro meses, de 50 bilhões de ienes (US$ 467,5 milhões). A título de comparação, a companhia fechou o ano fiscal anterior com prejuízo líquido de 128,4 bilhões de ienes (US$ 1,25 bilhão).

A revisão, segundo a Sony, se deve ao fraco desempenho de sua divisão de telefonia móvel, que vem apresentando prejuízos operacionais, uma vez que concorre com rivais como a Apple e Samsung. Em julho, a Sony reduziu sua projeção de vendas para 43 milhões de smartphones neste ano, após a prever anteriormente comercializar 50 milhões de dispositivos.

Com as dificuldades enfrentadas em sua divisão de telefonia móvel, a Sony anunciou ainda que irá demitir 15% de sua força de trabalho da unidade, o equivalente a mil empregos. A companhia declarou ainda que, pela primeira vez desde que suas ações foram listadas, em 1958, não pagará dividendo no ano fiscal em curso, após ser afetada por um encargo de 180 bilhões de ienes (US$ 1,7 bilhão). Com informações de agências internacionais.

Nasdaq

Como consequência, Wall Street não reagiu bem à notícia. As ações da companhia abriram o pregão desta quarta-feira, 17, na bolsa eletrônica Nasdaq negociadas a US$ 18,57, queda de 8,3% em relação ao fechamento do dia anterior, quando os papéis encerraram o pregão valendo US$ 20,25. A queda oscilou entre 6% e 7% durante todo o dia e as ações encerraram o pregão negociadas a US$ 18,87, recuo de 6,8%. Com informações de agências internacionais.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile