WhatsApp é app preferido por quem se comunica por mensagens instantâneas, redes sociais ou e-mail

0
31

Entre os brasileiros que dizem conversar por mensagens instantâneas, interagir em redes sociais ou se comunicar por e-mails, o WhatsApp é o aplicativo mais lembrado, com 85% de citações dos usuários que possuem smartphones e que participaram do estudo "Global Mobile Consumer Survey" – GMCS 2016, da Deloitte.

É interessante perceber que a faixa etária entre os 45 e 55 anos, a que reúne as pessoas mais velhas ouvidas pela pesquisa, é aquela que utiliza com maior frequência as mensagens instantâneas, chegando a cerca de 90% dos pesquisados, ante pouco mais de 70% entre os jovens de 18 a 24 anos.

Considerando-se a percepção da maior parte dos participantes na GMCS 2016, o uso de todos os principais serviços de comunicação cresceu em relação à utilização relativa a um ano antes da pesquisa.

Sobre os aplicativos de mensagens instantâneas, por exemplo, 82% das pessoas ouvidas consideram que usam mais essa ferramenta do que há um ano. Somente 5% acham que reduziram a utilização.

Já o uso de mensagens de texto (via SMS) – que mostra o maior equilíbrio entre quem estima o utilizar com mais frequência ante quem tem percepção inversa – foi maior para 36% das pessoas, contra 31% dos que estimam uso menos frequente. Até as ligações de voz tradicionais evoluíram para 62%, ante 15% que tiveram impressão de queda na utilização.

O estudo "Global Mobile Consumer Survey 2016" foi realizado pela Deloitte com 53 mil consumidores, em 31 diferentes países dos cinco continentes. No Brasil, a pesquisa online ouviu 2.005 pessoas de todas as regiões do país, com idades entre 18 e 55 anos.

Deixe seu comentário