Publicidade
Início Blogueria Uma cidade das Arábias

Uma cidade das Arábias

0
Publicidade

No começo de novembro tive a oportunidade de viajar para o Catar, como convidado para fazer uma palestra durante o Congresso Smart Cities EXPO- Doha. A palestra foi sobre o meu livro SMART CITY 3.0 – Uma nova Forma de Governar, recentemente lançado aqui nos Estados, aonde apresentamos ideias para evitar os erros mais comuns no desenvolvimento de projetos para cidades inteligentes.

Doha, a capital do Catar, é uma cidade, ultramoderna, com arranha céus iluminados em neons coloridos, e tudo mais que a tecnologia do século XXI pode oferecer, mas que ainda mantem vivas as tradições árabes e muçulmanas em seu bojo.

A transformação de Doha, de uma simples vila de pescadores de pérolas para uma das mais modernas cidades do mundo, ocorreu nos últimos cem anos, patrocinada pelos gigantescos campos petrolíferos da península arábica e pela visão empreendedora de seus governantes.

Em 2010, o Emirado, estabeleceu a “Msheireb Properties” uma empresa com um mandato para resolver uma lacuna na história arquitetônica do Catar através de uma forma única de desenvolvimento urbano. A “Msheireb Properties” tinha como objetivo entender e implementar boas técnicas construtivas do passado e adicionar tecnologias modernas e inovadores para criar uma nova linguagem arquitetônica. Disso surgiu “Msheireb Downtown” que é o renascimento de um bairro cujo patrimônio histórico arquitetônico estava em perigo de extinção. Os princípios dessa transformação foram juntar progresso e tradição, liberdade e responsabilidade, culturas novas e antigas através da inovação e da tecnologia. O nome do projeto é significativo: Em árabe Msheireb significa “um lugar para beber água”

Um dos principais objetivos do projeto Msheireb é reenergizar o núcleo da cidade e criar um centro de atividade, onde as pessoas possam viver, trabalhar, fazer compras e passar tempo com a família e amigos. O projeto do espaço urbano baseia-se em técnicas tradicionais para lidar com o clima. Um dos exemplos dessas técnicas é localizar os edifícios te tal forma a gerar sombras nas ruas durante a maior parte do dia e assim reduzir os efeitos do intenso calor do deserto. Para conseguir isso, modelos computacionais foram criados para fazer simulações e otimizar a altura dos edifícios, como também estruturar o layout das ruas objetivando transformá-las em canais de vento.

Além disso, sistemas de refrigeração de piso, através da circulação de água gelada e com sistemas ultramodernos de ar condicionado para espaços abertos, permitem manter uma temperatura agradável todo o tempo, favorecendo a vida ao ar livre, seja de dia ou de noite. A circulação de veículos se realiza na maior parte por vias subterrâneas, que oferecem 10.000 vagas de estacionamento. Junte-se a isso, um metrô de superfície que serve as principais áreas da cidade, permitindo aos habitantes deslocarem-se rápida e comodamente entre seus destinos a custo zero.

Todos os elementos da cidade são controlados por tecnologias inteligentes, utilizando os conceitos de IoT, permitindo aos gestores gerenciar de maneira eficaz e eficiente toda a cidade através em uma Central integrada de Comando, Controle e Comunicação.

Os números para construir este empreendimento são notáveis:

  • Área terrestre:310.000 M2
  • Nome do projeto: Msheireb significa “um lugar para beber água” em árabe
  • Vagas de estacionamento: mais de 10.000
  • Total de edifícios: mais de 100
  • Faixa de altura do edifício: 3 a 30 andares
  • LEED Rating: Mínimo LEED ouro, com vários edifícios LEED Platina
  • Custo do projeto: Aproximadamente US$ 5,5 bilhões

 

O projeto é um claro de exemplo de como a junção da tecnologia, recursos financeiros e um correto processo de governança, pode transformar a vida de uma cidade, criando um espaço urbano agradável, seguro e com mínimo impacto ambiental. Já sabemos que Msheireb significa “um lugar para beber água…” assim sendo, é um Oasis idealizado para servir de descanso da agitação da cidade grande. Uma ideia que pode ser usada com sucesso em muitos lugares do mundo.

Lorenzo Madrid, presidente do Smart City Business Institute – USA.

Mais Informações:

O Projeto Msheireb:

https://www.msheireb.com/msheireb-downtown-doha/about-msheireb-downtown-doha/

Smart City 3.0:

https://sc3.smartcities.group/

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile