TI Maior apoiará cinco centros de P&D com bolsas de R$ 6,2 milhões

0
0

Cinco centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D) receberão apoio do TI Maior – Programa Estratégico de Software e Serviços em Tecnologia da Informação lançado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) em agosto do ano passado. Serão R$ 6,2 milhões em bolsas, que constituem contrapartida do MCTI por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), dos R$ 21,9 milhões de investimento que as empresas selecionadas se comprometeram em suas propostas. As bolsas deverão ser usadas entre 2014 e 2016.

Os projetos selecionados, que contemplam áreas como tecnologias da informação e de comunicações (TICs), educação, energia (petróleo e gás), transporte/logística, mineração e meio ambiente, foram da IBM Research Brasil, em São Paulo; Intel Semicondutores, no Rio de Janeiro; ITVale, em Belém; e CPqD e Freescale, ambos em Campinas, no interior de São Paulo.

Além do fortalecimento das atividades de P&D nesse setor no Brasil, o edital de seleção teve como objetivos a geração de pesquisa aplicada de alto nível, novos produtos e serviços, novas empresas de base tecnológica, integração entre indústria e academia, a inserção profissional dos alunos do programa Ciência sem Fronteiras e o fomento à geração de patentes e outras formas de propriedade intelectual, além de maior projeção internacional para as tecnologias desenvolvidas no país.

Aperfeiçoamento

"As bolsas permitirão o aperfeiçoamento de profissionais de perfil variado", explica o secretário de Política de Informática do MCTI, Virgílio Almeida. "São várias modalidades de bolsas contempladas, que vão desde estágios de desenvolvimento tecnológico até a atração de pós-doutores."

O investimento por parte dos cinco centros deverá ocorrer também ao longo desses três anos, na forma de capital (equipamentos e infraestrutura), custeio e remuneração de recursos humanos. Um novo edital com os mesmos objetivos está previsto para 2014.

A atração de centros de P&D é um dos eixos do TI Maior. Quatro estruturas desse tipo alinhadas ao programa já estão instaladas ou em instalação no país. Além do SAP Labs Latin America, laboratório da SAP situado em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, anunciado como um dos centros do programa em setembro deste ano, em 2012 foram lançados os outros três em parceria com a Microsoft, Intel e EMC, todos instalados no Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário