Projeto da Polícia Federal visa coibir desvios de produtos químicos

0
9

Após vencer licitação junto à diretoria de TI e Inovação da Polícia Federal, a Stefanini implementou o projeto "Siproquim 2", integrado à Receita Federal do Brasil para fiscalizar e coibir o desvio de produtos químicos. O sistema irá atender diretamente a 123 unidades da Polícia Federal divididas em 27 Superintendências e 96 delegacias em território nacional.

A ativação aconteceu no mês de setembro 2019, com os módulos de autoatendimento, cadastro e mapas. Até o final do ano, a expectativa é acrescentar os módulos de fiscalização e processo administrativo.

Segundo Tarcísio Medeiros Nogueira Fernandes, Delegado da Polícia Federal e Chefe da DCPQ/CGCSP/DIREX/PF, durante a implementação do projeto o maior desafio foi a capacitação do setor regulado (usuários externos) e, também, dos servidores (usuários internos).

O projeto dará continuidade às tratativas para integração com outros sistemas corporativos, assim como com os da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e Ministério da Economia.

Deixe seu comentário