Em parceria, Mercado Livre e Instituto da Oportunidade Social formam 292 profissionais com deficiência para o mercado de trabalho

0
12

Para investir e ampliar seus programas de diversidade, empresas têm encontrado nas Organizações Sociais especializadas em formação profissional de pessoas com deficiência uma forma para criar cursos de qualificação profissional específicos, permitindo atender suas demandas de contratação. A exemplo disso, a parceria, entre o Mercado Livre e o Instituto da Oportunidades Social (IOS) – que desde 1998 atua para aumentar a empregabilidade das pessoas com deficiência por meio de cursos gratuitos – já formou 292 profissionais com deficiência, sendo que 110 pessoas já foram contratadas pela plataforma desde a primeira edição do projeto.

"A valorização, formação e contratação de pessoas com deficiência são um dos principais focos da nossa estratégia de diversidade", pontua Patrícia Monteiro, diretora de People do Mercado Livre no Brasil. "Para potencializar esses profissionais e gerar melhores oportunidades de empregabilidade, não apenas no Mercado Livre, estamos acelerando as ações para capacitação e qualificação técnica e desenvolvimento de habilidades, sobretudo nas áreas de logística e tecnologia", completa.

No processo de formação dos profissionais, o IOS é responsável pelo conteúdo do curso, desenvolvido sob medida para atender às demandas de contratações de cada empresa parceira.

Além de conteúdos tecnológicos, os cursos do IOS abrangem conceitos administrativos com aulas práticas em softwares de gestão, Português e Matemática, Empregabilidade, Cidadania e Comportamento (soft skills), trazendo para a prática a vivência corporativa, que ensinam o aluno elaborar desde e-mails, apresentações, participar de reuniões e ter visão de negócio, até desenvolver o briefing e apresentação de um produto.

Nos últimos 10 anos (2010 a 2020), o IOS formou mais de 1.100 profissionais com deficiência por meio dos seus cursos para os setores de Tecnologia, Administração, RH, Atendimento ao Cliente e Varejo. Desses, mais de 400 foram inseridos no mercado de trabalho, por meio do Programa IOS de Oportunidades, um programa voltado à empregabilidade dos alunos formados.

"Mais de 24% dos brasileiros (cerca de 45 milhões de pessoas) possuem algum tipo de deficiência, segundo o IBGE. Portanto, a união entre empresas e Organizações Sociais como o IOS é uma solução eficiente, que atua no aumento da inclusão produtiva dos profissionais com deficiência no mundo do trabalho, por meio de uma formação ágil e de muita qualidade", ressalta a superintendente do IOS, Kelly Lopes.

Deixe seu comentário