Ações da Adobe caem quase 6% após prévia de resultados abaixo das expectativas

0
10

A projeção da Adobe Systems, fabricante de software de editoração eletrônica e design gráfico, para o segundo trimestre do ano fiscal de 2015, divulgada junto com os resultados financeiros do primeiro trimestre fiscal, frustrou Wall Street. Um dia após a divulgação do balanço, as ações da companhia abriram o pregão da Nasdaq nesta quarta-feira, 18, em queda de 5,2%, valendo US$ 75,50. Poucos minutos depois, os papéis atingiram pico de US$ 75, recuo de 5,8%, às 10h30 (horário de Brasília).

A empresa de software divulgou que espera alcançar lucro por ação entre US$ 0,41 e US$ 0,47 no segundo trimestre fiscal, a ser encerrado em maio, abaixo da estimativa de analistas, que aguardavam lucro de US$ 0,48 por ação. A previsão da Adobe de obter receita entre US$ 1,13 bilhão e US$ 1,18 bilhão também ficou aquém da projeção média de analistas, de US$ 1,18 bilhão.

A Adobe fechou o primeiro trimestre do ano fiscal de 2015, encerrado em 27 de fevereiro, com lucro líquido de US$ 84,8 milhões, 80% maior que os US$ 47 milhões registrados no mesmo período do exercício fiscal anterior. Na mesma base de comparação, a receita da companhia, por outro lado, totalizou US$ 1,1 bilhão, alta de 10%, em relação a US$ 1 bilhão.

Deixe seu comentário