Projeto do Facebook amplia inclusão digital na comunidade Heliópoliss

0
1

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, defendeu a ampliação do acesso às tecnologias digitais para a população que mais precisa da rede mundial de computadores, durante inauguração do Laboratório de Inovação do Facebook, instalado no Centro para Criança e Adolescente (CCA-PAN) em Heliópolis, na zonal Sul de São Paulo.

A iniciativa é resultado da parceria do Facebook com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Interactive Advertising Bureau do Brasil (IAB Brasil) e da articulação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério de Relações Exteriores do Brasil junto a empresas do Vale do Silício.

De acordo com o ministro, o uso da internet nas comunidades do País permite novas aplicações sociais. "O Laboratório de Inovação do Facebook é um dos símbolos dos esforços de democratização que devem ser feitos para transformar ciência, tecnologia e inovação em serviços acessíveis à população", afirmou.
Facebook na Comunidade

O laboratório faz parte do projeto Facebook na Comunidade. A iniciativa tem como objetivo despertar na sociedade o interesse por tecnologia e capacitar empreendedores e comerciantes para que utilizem a rede social como plataforma de inovação e negócios.

O ministro destacou a importância da inclusão digital em comunidades do País. O projeto oferecerá gratuitamente cursos sobre gestão de empresas e aulas sobre estratégias para a utilização da plataforma como instrumento para fomentar o empreendedorismo e o marketing digital.

Empreendedorismo

Uma pesquisa feita na comunidade de Heliópolis revelou que existem cerca de 5 mil pequenos negócios. No entanto, 80% desses empreendimentos não utilizam o Facebook como ferramenta de negócios.
"Nossa ambição é conseguir fazer também com que esses empreendedores de fato usem a rede social para se comunicar com os seus clientes, gerar negócios e mais riquezas para a comunidade", afirmou o diretor para Pequenas e Médias Empresas do Facebook no Brasil, Patrick Hruby. "É um projeto piloto e temos certeza que o seu sucesso permitirá a sua expansão para mais comunidades no Brasil e no mundo."

Multiplicadores de conhecimento

Cinco jovens da própria comunidade foram selecionados – entre 80 candidatos – para atuar como multiplicadores de conhecimento, auxiliando os empresários do bairro. Eles estão sendo treinados pelo Facebook, pelo Sebrae e pelo IAB Brasil, entidade sem fins lucrativos que atua no desenvolvimento do mercado de mídia e parceira no projeto.

Segundo a presidente da Unas, Antonia Cleide Lopes, a parceria com o Facebook dará maior visibilidade às ações da entidade. "O laboratório vai facilitar a capacitação das pessoas para a divulgação de seus produtos pela rede social e também servirá como instrumento de pesquisa para as crianças atendidas pelo centro", explicou Cleide. Na opinião da coordenadora pedagógica do CCA-PAN, Vanessa Suelen Silva, o projeto terá impacto também no aprendizado desses jovens. "Hoje a tecnologia e a internet são ferramentas indispensáveis na educação", afirmou.

As informações são da Agência Brasil.

Deixe seu comentário