Symantec reformula antivírus Norton e passa a oferecê-lo no modelo de assinatura

0
0

A Symantec, fabricante do Norton, está reformulando o seu software de segurança, que passará a incluir seus nove aplicativos em uma única oferta para os consumidores, como parte da estratégia da empresa de concentrar o foco em smartphones e dispositivos conectados.

O novo produto, denominado Norton Security, marca o início da oferta da empresa no modelo de assinatura, em vez da venda de licenças. No seu mais recente trimestre, quando o Symantec divulgou um lucro US$ 236 milhões e um ganho de 2% na receita de US$ 1,74 bilhão, a empresa informou que planeja otimizar o negócio Norton e racionalizar o suporte ao produto.

De acordo com a empresa, o Norton Security, que está previsto para chegar ao mercado no dia 23 de setembro, custa US$ 80 por ano e vai integrar todos os antivírus, spyware, aplicativo de monitoramento de spam, entre outros, disponíveis nas várias versões do Norton AntiVirus, Norton Internet Security e Norton 360. O novo programa se assemelha ao Norton 360 multidispositivos, oferecido por US$ 100 ao ano, mas que agora custa US$ 70.

O novo software opera em todos os computadores equipados com os sistemas operacionais Windows e Mac OS, assim como em smartphones com o iOS e Android. Ele inclui outros serviços, tais como um protetor de senhas e oferece backup de dados em nuvem por um adicional de US$ 10 ao ano, para 25 gigabytes.

"A abordagem 'one-size-fits-all' [adequado para todos os PCs] faz sentido para a Symantec, num momento em que as questões de segurança estão sendo ampliadas para os smartphones, tablets e outros dispositivos conectados", disse Fran Rosch, vice-presidente executivo do negócio Norton, em uma entrevista ao The Wall Street Journal.

Para quem quer a versão premium do Norton Security e Antivirus para um smartphone Android, a Symantec oferece duas opções: pagar US$ 30 para uma compra in-app (adquiri-los dentro do próprio aplicativo) ou comprar a subscrição e efetuar o login como usuário premium. (As pessoas que usam iOS não pode comprar a versão premium através do app).

A versão gratuita do app Android verifica downloads de malware, enquanto a versão completa inclui controle antifurto, backup, bloqueio de chamadas e um monitor de aplicativo que verifica atividades "desnecessárias" ou suspeitas, como dados pessoais sendo enviados para a nuvem.

Deixe seu comentário