Consulta pública para Plano Nacional de Internet das Coisas deve sair nas próximas semanas

0
5

A Câmara de IoT/M2M deve entregar, no próximo dia 29, ao ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, a minuta da consulta pública para o Plano Nacional de Internet das Coisas, que o governo pretende lançar ainda neste ano. A informação foi dada pelo diretor da Secretaria Política de Informática (Sepin), José Gontijo, à Abinee, em reunião realizada na ultima terça-feira, 16.

O encontro foi a primeira iniciativa da recém-criada Comissão de IoT da Abinee, que reúne indústrias associadas de diversos segmentos representados pela associação e atuantes neste mercado por meio de novas tecnologias e inovações.

Gontijo adiantou que o objetivo do governo é criar regras apenas quando necessário, sem interferir no desenvolvimento do mercado. "O plano deve ser um 'ecossistema' de mecanismos para estimular a indústria", afirmou.

Segundo ele, a iniciativa deve contemplar o estímulo a segmentos prioritários (agronegócio, saúde, educação, mobilidade, entre outras), e também medidas horizontais para abarcar novas tecnologias. "Focamos no que enxergamos, mas temos que pensar nas aplicações que deverão surgir e que serão o grande salto tecnológico."

Apesar de admitir que a expansão de banda larga não ocorre na velocidade desejada, Gontijo destacou os avanços em sua disponibilidade, ressaltando a importância da infraestrutura de rede, considerada um possível gargalo para o desenvolvimento da IoT no Brasil. Segundo ele, é necessária uma nova etapa do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e atribuiu à crise econômica a redução dos investimentos contemplados na iniciativa.

Sobre o tratamento de dados, o representante do governo afirmou que o plano deve buscar a privacidade do usuário, mas sem inviabilizar modelos de negócios.

Deixe seu comentário