Lecom cria programa para credenciar 30 revendedores até o final de 2014

0
0

Desenvolvedora independente de software para gestão de negócios, a Lecom ampliou a sua abordagem na comercialização de produtos, que até agora era focada exclusivamente no modelo de vendas direta.

A empresa, que está ativa no mercado há 18 anos e tem faturamento previsto de R$ 12 milhões para este ano, decidiu trabalhar também com parceiros comerciais.

Para tanto,  a Lecom estruturou um programa de canais, cujo objetivo é montar uma rede com pelo menos 30 revendedores até o final do próximo ano.

Segundo a empresa, o programa de canais vem sendo refinado desde 2012 e, agora, entra em fase de recrutamento e seleção de parceiros na região Sudeste, que servirá como base para as demais áreas do País.

Nos próximos 16 meses, o programa estará focado no credenciamento de parceiros para a solução Atos, uma família de produtos que incorpora softwares de gerenciamento de processos de negócios (BPM), gestão de conteúdo empresarial (ECM) e indicadores de chave de desempenho (KPI).

"Estamos analisando muitas empresas interessadas em participar da vida de um produto maduro, cujas vendas crescem 30% ao ano com a equipe de vendas direta e devem dobrar com a experiência dos parceiros no Programa de Canais", afirma João Cruz, CEO da Lecom.

Segundo o executivo, a companhia buscará preferencialmente parceiros no canal de distribuição que já atuam como fornecedores de soluções de tecnologia da informação (TI), tenham expertise em consultoria de processos ou trabalhem com produtos complementares.

A meta inicial da Lecom é que, até o final do próximo ano, 25% da comercialização de produtos da família Atos seja realizada pela rede de distribuidores.

Deixe seu comentário