Seedz recebe aporte da gestora 10b e Volpe para acelerar a digitalização do Agro

0
24

A agtech brasileira Seedz, que vem criando um ecossistema tecnológico dedicado ao agronegócio em torno de sua plataforma de relacionamento e engajamento que reúne produtores rurais, revendas agrícolas, concessionárias, cooperativas e indústrias do agronegócio, acaba de dar mais um passo importante na sua estratégia de crescimento. A empresa fechou uma rodada de investimentos com as gestoras 10b, integrante da holding Sk Tarpon, e Volpe Capital, que lideraram a rodada, e os fundos The Yield Lab e Tridon Participações, que passam a apostar no potencial da digitalização do Agro.

Muito mais que capital, a Seedz foi estratégica nessa rodada e optou por investidores que tivessem sinergia com o seu modelo de negócio. Assim, a agtech reuniu fundos especializados, com experiência tanto no agronegócio quanto em soluções tecnológicas.

O software da Seedz funciona como um programa de incentivo ao produtor rural e aos vendedores do agronegócio espalhados pelas centenas de pontos de vendas de insumos, máquinas e serviços agrícolas e pecuários. Sua plataforma é o motor da união entre a digitalização de dentro da porteira, mas também fora dela com as indústrias e distribuidores agrícolas. Ambos estão em patamares diferentes de digitalização, mas a Seedz com seu programa de coalizão quer acelerar esse processo, impulsionando o agronegócio brasileiro. O modelo de negócio da empresa combina uma solução SaaS para empresas do agro aliado a um modelo transacional baseado na venda e resgate de moedas do programa de incentivo e fidelidade em coalizão.

Crescimento acelerado

A plataforma atualmente conta com uma base de mais 900 empresas do agronegócio (revendas, concessionários, cooperativas e indústrias), mais de 9 mil profissionais (colaboradores das empresas parceiras, consultores comerciais e vendedores) e milhares de produtores rurais cadastrados, que se beneficiam das soluções de software, programa de incentivo, fidelidade e cashback entre usuários e empresas. Empresas líderes e de destaque nos diferentes segmentos do agro como John Deere, AgroGalaxy, UPL, Yara, Helm, Belagrícola, Yoshida, Cocamar, Fiagril e Agrex utilizam a plataforma da Seedz para atender a diferentes desafios em suas jornadas de transformação digital e relacionamento com o produtor rural. A Seedz também mantém parcerias estratégicas como a Andav (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários), que visa a acelerar a digitalização na cadeia de distribuição de insumos, e a Markestrat, empresa de consultoria com foco em potencializar estratégias de corporações do setor.

Além de renomados parceiros, e apesar do pouco tempo no mercado, a Seedz tem crescido acima da casa dos três dígitos, registrando nos últimos dois anos um crescimento superior a 400% ao ano.

Para acelerar ainda mais, a empresa aplicará os recursos aportados para aumentar o time e estudar aquisições estratégicas. A expectativa é a empresa contar com mais de 100 colaboradores até o final de 2021 e expandir a operação para outros países da América Latina.

O valor do investimento não foi revelado.

Deixe seu comentário