CPFL Inova 2019 gera negócios de R$ 7 milhões em parceria com empreendedores

0
5

O programa de inovação aberta CPFL Inova gerou mais de R$ 7 milhões em negócios com as scale-ups participantes da sua segunda edição, que se encerrou nesta terça-feira, 17. Ao longo do processo, organizado pela CPFL Energia, em parceria com a Endeavor, foram aprovados cinco projetos de Pesquisa e Desenvolvimento, duas soluções para Eficiência Energética e oito provas de conceito, nas quais é possível testar as ideias apresentadas pelos empreendedores.

A iniciativa ajudou a acelerar 12 empresas que participaram, durante cinco meses, de mentorias conduzidas por executivos da CPFL Energia, um dos maiores grupos privados do setor elétrico brasileiro, e por convidados da rede Endeavor – com algumas das principais lideranças empresariais do país. Com as orientações recebidas, as selecionadas conseguiram ampliar em 49,8% o seu faturamento no período de aceleração. Também cresceu o número de funcionários das participantes, passando de 496 para 605.

Um exemplo de inovação foi o projeto desenvolvido pela empresa PixForce, que propôs um modelo de inspeção automatizada de podas em áreas urbanas com a utilização de inteligência artificial. A companhia parceira elaborou um protótipo de câmera para ser acoplada a veículos de inspeção. O equipamento registra imagens da rede de distribuição de energia e de árvores próximas. As fotos são enviadas para um sistema que é capaz de identificar de forma automática locais em que são necessárias intervenções dos técnicos para evitar interferências da vegetação para o sistema elétrico.

Além do projeto da PixForce, vale citar as iniciativas desenvolvidas pela Microblau e pela Docket. A Microblau desenvolveu um projeto de eficiência energética no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto através da interligação das centrais de água gelada do hospital e da instalação de um sistema de controle inovador. Já a Docket aplicou uma solução para dar agilidade na obtenção de documentos de imóveis, diminuindo o tempo médio de 45 dias para 10 dias.

"O objetivo do CPFL Inova é proporcionar a troca de experiências, criando um ambiente favorável para o desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor elétrico. Ao conectar scale-ups, mentores do mercado e executivos do grupo, o programa ajudou a criar uma cultura interna de inovação na CPFL Energia, promove a criação de novas ideias e fomenta o ecossistema empreendedor brasileiro", afirma o diretor de Estratégia e Inovação da CPFL Energia, Rafael Lazzaretti.

"Foi uma excelente edição, na qual tivemos a oportunidade de criar um programa onde o foco era a resolução de desafios nas principais áreas da companhia. Em cinco meses de aceleração, as scale-ups conseguiram fazer sete provas de conceito com a CPFL, além de um projeto de eficiência energética e dois projetos de P&D – com um investimento de R$ 7 milhões nos projetos", reforça Pedro Almeida, Head de Open Innovation da Endeavor.

Resultados anteriores

A primeira edição do CPFL Inova, em 2018, contou com a participação de outras 12 scale-ups e gerou negócios com cerca de R$ 6 milhões em desenvolvimento de projetos com as empresas selecionadas. Ao longo dos meses do projeto, as empresas participantes tiveram mais de 60 horas de mentorias com 35 mentores da Endeavor e 30 executivos da CPFL Energia de diversas áreas do Grupo, como marketing, distribuição, sustentabilidade, suprimentos, comercial, estratégia, eficiência energética, entre outros. No período do programa, as empresas registraram crescimento de 48% no faturamento total, alcançando R$ 77,8 milhões, e um aumento de 35% no número de colaboradores, passando de 281 para 379 funcionários.

Deixe seu comentário