Publicidade
Início Segurança Mercado (Segurança) Aeroporto de Guarulhos instala soluções com inteligência artificial e medição de temperatura...

Aeroporto de Guarulhos instala soluções com inteligência artificial e medição de temperatura no Terminal 3

0
Publicidade

O Aeroporto Internacional de Guarulhos registrou crescimento de 12,4% na movimentação de passageiros em novembro, em comparação ao mês anterior. Após queda de mais de 50% no número de passageiros entre janeiro e julho de 2020, a expectativa é de aumento na demanda do maior aeroporto da América do Sul. Em meio à pandemia, para garantir a segurança de passageiros e colaboradores, o empreendimento reforçou a tecnologia para as festas de final de ano.

Desde a última segunda-feira,14, o Terminal 3 conta com um totem de atendimento com reconhecimento facial de alta precisão para medir a temperatura dos passageiros no embarque e desembarque Internacional – que cresceu 29% no último mês. A tecnologia da fabricante Dyno tem a capacidade de atender 1200 pessoas por hora, uma média de 28.800 pessoas por dia.

O equipamento combina medição de temperatura, reconhecimento facial e inteligência artificial para respaldar o embarque e desembarque seguro antes mesmo do passageiro entrar em contato com os colaboradores da companhia aérea. A tecnologia reconhece o uso de máscara e a incidência de casos febris. O Totem Touchless é ativado por sensor de presença e não necessita de nenhum contato físico. Possui também dispensador de álcool gel, acionado por sensor de presença, sem a necessidade de toque.

Com regras de segurança redobradas, na ocasião do reconhecimento de um passageiro ou membro da tribulação com temperatura que possa indicar um quadro febril, o dispositivo avisa o usuário calmamente sobre o resultado da medição ao mesmo tempo que emite um alerta para a equipe do aeroporto, que está treinada para acompanhar o paciente a uma área especial onde a temperatura será aferida por um profissional da saúde. Em caso de passageiros sem uso da máscara, o sistema também emite um aviso. Caso, a suspeita de Covid-19 seja confirmada, o paciente é impedido de seguir viagem e é encaminhado à uma unidade de saúde.

Além do totem, a câmera Dyno DM60 também foi instalada no terminal 3. É integrada a um software com algoritmo de reconhecimento facial de alta precisão e desenvolvida especificamente para ambientes com alta circulação de pessoas, como metrôs, aeroportos, terminais e hospitais. O sistema tem capacidade para ler cerca de 3.600 pessoas por hora e em 24 horas realiza a medição térmica de 86.400 pessoas. Realiza calibragem inteligente e contínua para reduzir a taxa de falsos alarmes, além de triagem rápida sem contato, evitando a infecção cruzada.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile