Nova plataforma une compradores e vendedores de serviços de TI

0

A startup brasileira MatchIT lança uma plataforma B2B especializada em serviços de TI. A proposta é automatizar – por meio de algoritmos de inteligência artificial (IA), como Aprendizado de Máquina (Machine Learning) e Processamento de Linguagem Natural (PLN) – as melhores conexões possíveis entre compradores e vendedores. Esse mach leva em conta, por exemplo, as especificades das tecnologias em pauta, as prioridades dos compradores e a capacidade de entrega dos vendedores.

Hospedada no Parque Tecnológico da Unicamp desde 2021, a startup tem como uma de suas metas apoiar líderes de tecnologia. Hoje eles abrangem um universo de mais de 300 mil CTOs, heads de inovação, diretores de infraestrutura e de aplicações em busca por parceiros de serviços para projetos de transformação digital.

A MatchIT também se propõe a auxiliar o outro lado desse balcão: equipes comerciais das cerca de 30 mil empresas que prestam serviços de TI no País, fazendo com que a primeira etapa da relação de compra e venda de serviços seja mais simples, ágil, transparente e vantajosa para os dois lados. Um terceiro perfil de clientes são os grandes fabricantes de TI que poderão usar a plataforma para apoiar o seu canal de vendas. A meta da empresa é fechar 2022 com 3.000 usuários, distribuídos entre fornecedores de serviços de TI e contratantes.

Sob medida

De acordo com Rose, por meio da MatchIT é possível resolver o problema da contratação sem expor as companhias. A plataforma facilita aos gestores adotarem as regras de compliance das empresas onde trabalham, bem como chegar às melhores opções de fornecedores. Na prática, o comprador de tecnologia insere as principais características de seus projetos e suas necessidades específicas na plataforma.

A MatchIT faz a curadoria das informações, processa os dados utilizando seus algoritmos de IA e entrega os três provedores de serviços de tecnologia melhor ranqueados para que o comprador decida com quem quer iniciar uma conversa via chat. Os algoritmos levam em conta diferenciais como a experiência, o perfil de clientes e a disponibilidade de entrega dos provedores de serviços, sempre tendo em vista as dificuldades de especificação e complexidade dos vários perfis de projetos de TI.

Caso não sejam encontrados fornecedores com, no mínimo, 80% de afinidade entre as necessidades solicitadas, quem entra em campo é o time MatchIT, que sai em busca de fornecedores que atendam àquela demanda. O retorno se dá em até 72 horas.

Assinatura de serviços

O modelo de negócios da startup prevê a venda de campanhas de branded content para fornecedores de TI, assim como a venda de assinaturas com inteligência de mercado para fabricantes de TI e seus canais de venda, incluindo analytics dos vendedores dentro da plataforma. Os vendedores que o desejarem, poderão contratar planos avançados para terem mais informações sobre o desempenho dos diferenciais de sua proposta de valor dentro da plataforma, de forma a balizarem melhor as suas ofertas e se tornarem mais assertivos em seu posicionamento comercial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui