Becomex anuncia aliança com Deloitte para explorar serviços tributários digitais

0
0

Ao mesmo tempo em que apresenta seu recém-contratado para o cargo de CEO, Marcos Bregantim, a Becomex – empresa de consultoria estratégica e tecnologia especializada nas áreas tributária e aduaneira – acaba de anunciar uma aliança estratégica com a Deloitte, organização de serviços profissionais – para juntas atenderem a uma demanda de cerca de 2.000 empresas em todo o país, na gestão do regime Regime Aduaneiro Especial de Entreposto Industrial sob Controle Informatizado do Sistema Público de Escrituração Digital (RECOF-SPED).

O novo CEO chega com a missão de estruturar o plano de crescimento da Becomex, que planeja triplicar seu faturamento nos próximos cinco anos, saltando dos R$ 100 milhões (previsão 2020) para R$ 300 milhões, além de iniciar a parceria com a Deloitte para o RECOF-SPED.

Este regime permite às empresas elegíveis importar ou adquirir no mercado interno itens para sua produção, pagando impostos apenas sobre o que foi comercializado no mercado interno e ficando isentas desses impostos na exportação. Isso reduz de forma significativa os custos logísticos e de estoque. Além disso, aumenta o fluxo de caixa, e ainda proporciona a isenção dos impostos federais, nacionais e ICMS – em alguns casos.

De acordo com levantamentos da Becomex, mais de 1.200 empresas exportadoras e importadoras do Brasil podem obter cerca de US$ 300 milhões com a utilização do regime RECOF-SPED provenientes de acúmulo de impostos, fluxo de caixa, isenção de impostos e outros itens que impactam o custo final.

Deixe seu comentário