72% das organizações apontam segurança como principal desafio para uso da nuvem

0
43
De acordo com dados da Accenture, 72% das organizações apontam que a segurança é o principal problema para o uso da nuvem. O receio das empresas pode travar a inovação nos negócios e atrasar a transformação digital. Para evitar este risco, Vinicius do Valle Fraga, consultor de segurança da Accenture, explicou quais os principais erros que as corporações costumam fazer e que abrem brechas na segurança.

"O multicloud cresceu muito e 94% das empresas que usam nuvem contam com mais de um provedor. Dentro destes ambientes, 99% das falhas são ocasionadas por culpa humana, relacionada principalmente a erros de configurações", explicou Fraga durante o Cloud Summit, evento online promovido hoje (19/5) pela Palo Alto Networks. 

Além do erro de configuração, causa número 1 em brechas de segurança na nuvem, padronização de configurações sem um mínimo de segurança também são riscos. Essas falhas de segurança levam 280 dias, em média, para detecção e contenção de uma invasão, segundo o especialista. 

Para Fraga, a nuvem não pode ser um impeditivo para a inovação. Como exemplo, estão os resultados das iniciativas da própria Accenture em cloud, onde 95% das suas aplicações já estão. "O DevSecOps acelerou em três vezes sua produção e entrega e tivemos 70% de redução de custos." 

Para garantir a segurança na nuvem, ele aponta três pontos: 

  • Segurança por padrão, com uma configuração montada já pensando na segurança. 
  • Monitorar o comportamento do usuário para traçar padrão, com alertar para quando houver desvios, como o login por outro endpoint ou o aumento no número de tráfego de dados. 
  • Terceirizar a segurança para um especialista. 

Deixe seu comentário