Governo institui método de certificação com objetivo de impulsionar indústria de software

0
0

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) lançou oficialmente na terça-feira,18, a Certics, metodologia de certificação de software e seus serviços associados que integra o Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação, conhecido como TI Maior. O método tem como objetivo verificar se um software resulta de um processo de desenvolvimento e inovação tecnológica realizado no Brasil.

A princípio, a Certics será utilizada como referência para margem de preferência em compras públicas, mas está previsto seu uso também como base para outros mecanismos de fomento e de políticas públicas, tais como concessão de crédito para investimento em pesquisa, desenvolvimento e inovação. O certificado é também uma forma de comunicar ao mercado, de forma legítima, suas práticas e competências tecnológicas.

Segundo o coordenador geral de software e serviços de TI da Secretaria de Política de Informática (Sepin/MCTI), Rafael Moreira, empresas de capital estrangeiro poderão ter software certificado desde que comprovem que o seu desenvolvimento promoveu o desenvolvimento tecnológico, gestão de tecnologia, gestão de negócios e melhoria contínua.

Adesão ao programa

A empresa interessada em se inscrever para iniciar o processo de avaliação na plataforma CerticSys pode acessar o site www.certics.cti.gov.br, onde é possível fazer uma simulação da avaliação de um determinado software.

Após o cadastramento online, a empresa pode contratar uma avaliação, que envolve a preparação e realização de uma visita às suas instalações por avaliadores Certics, na qual serão analisadas as evidências do desenvolvimento e inovação tecnológica do software. A certificação pode ser obtida em três ou quatro semanas e é válida por 24 meses.

Deixe seu comentário