Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Wayra Brasil, CVC da Vivo, realiza aporte em startup de saúde 

Wayra Brasil, CVC da Vivo, realiza aporte em startup de saúde 

0
Publicidade

A Wayra Brasil, CVC (Corporate Venture Capital) early stage da Vivo, anuncia investimento na Fiibo, multiplataforma de saúde e bem-estar do Brasil. A startup, que viu um crescimento de mais de 1000% no valor total transacionado em sua plataforma de 2022 para 2023, utilizará os recursos para avançar em tecnologia e expandir grandes canais de venda. A meta é aumentar o TTB (Total Transacionado Bruto) anual de R$ 103 milhões em 2023 para R$ 1 bilhão até 2025.

A healthtech, que tem como foco democratizar o acesso à saúde corporativa, lançará ainda este ano o conceito de “vale-saúde” em seu marketplace, em que pequenas e médias empresas poderão conceder benefícios abrangentes, permitindo a contratação dos serviços a partir de um funcionário, com valores mais acessíveis.

“Investir na área da saúde e bem-estar faz parte da estratégia da Vivo em inovação. Estamos felizes com a entrada da Fiibo em nosso portfólio, o que diversificará ainda mais nossas iniciativas no setor. Mais do que prover recursos financeiros, queremos oferecer o smart money para a startup, o chamado ‘dinheiro inteligente’, apoiando seu posicionamento de mercado com orientações para uma melhor tomada de decisões e desenvolvimento do negócio”, garante Phillip Trauer, Managing Director da Wayra e Vivo Ventures.

Com um mercado de 110 milhões de consumidores diretos e indiretos, a Fiibo conecta prestadores de serviços em saúde a empresas interessadas em comprar as soluções desenvolvidas. “Nascemos de uma inquietação com o cenário de saúde atual, que é complexo, fragmentado e apresenta uma série de barreiras para a maioria das pessoas. Com o aporte, chegaremos mais rápido em nosso objetivo que é tornar o segmento mais acessível, fácil e transparente. Queremos, assim, simplificar e unificar a experiência para nossos clientes, que hoje são empresas B2B, que desejam oferecer benefícios aos seus colaboradores”, explica Ítalo Martins, fundador e CEO da Fiibo.

Atualmente, a startup trabalha com grandes clientes. Por meio da plataforma, oferece acesso a mais de 1.200 produtos e serviços em planos de saúde e odontológicos, telemedicina, nutrição, procedimentos estéticos, vacinas, pacotes de consultas, medicamentos e exames.

Com 85 startups investidas desde 2012, a Wayra Brasil tem como principal objetivo apoiar a estratégia de negócios da Telefónica no mundo e da Vivo no Brasil. Somente em 2023, a companhia gerou cerca de R$ 100 milhões em contratos com as suas investidas, um crescimento de 35% em relação a 2022. Já as startups do Vivo Ventures, também administrado pelo CVC, somam valoração que ultrapassa R$ 2,9 bilhões. Além da área da saúde, os fundos da Vivo olham para os segmentos de Entretenimento, Casa Conectada, Marketplace, Educação, Energia e Serviços Financeiros.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile