Rede D'Or São Luiz integra hospitais com plataforma da IBM

0
0

A rede D'Or São Luiz, que tem presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco, desenvolveu um projeto de integração de sistemas para permitir a administração dos processos distribuídos em todas as filiais e melhorar a comunicação entre elas.

Para tanto, utilizou a solução da IBM, composta pelas plataformas WeSphere Message Boker e WebSphere Service Registry and Respository.

Com isso, reduziu o tempo de resposta aos pacientes para autorização de procedimentos médicos.

O projeto permitiu a integração dos pedidos e resultados de exames. Nesse caso, a solução ainda dá suporte ao sistema SmartTrack – implementado em todos os prontos-socorros da rede – nas emergências.

O SmartTrack permite que a triagem dos pacientes seja feita com mais agilidade por uma equipe multiprofissional. Em caso de urgência, o paciente imediatamente recebe o atendimento necessário.

Se a classificação de seu quadro for considerada simples ou depender de uma avaliação mais profunda, ele é encaminhado diretamente para salas onde passará por cuidados médicos.

Antes de adotar a solução IBM, a rede utilizava uma programação ponto a ponto para a comunicação entre as operações dos hospitais, o que era uma tarefa muito trabalhosa.

"Com a solução implementada, agora podemos realizar esse processo em grande escala de modo automático e tratar grandes volumes de informação de forma mais produtiva", comenta Marlon Oliveira, CIO da rede D'Or São Luiz, acrescentando que a rede conseguiu uma redução dos custos de 40% na área de desenvolvimento.

A rede D'Or São Luiz é uma operadora independente de hospitais do Brasil. Fundada em 1977, possui atualmente 27 hospitais e 25 mil funcionários para realizar cerca de 220 mil atendimentos por mês.

No ano passado, adquiriu os hospitais Santa Luzia e Coração do Brasil, em Brasília e, no Estado de São Paulo, assumiu o controle dos Hospitais Vivalle. Em São José dos Campos, do Hospital Nossa Senhora de Lourdes e do Hospital da Criança. 

Deixe seu comentário