NICE anuncia 30% de crescimento em cloud no segundo trimestre de 2020

0
15

A NICE anunciou os resultados do segundo trimestre encerrado em 30 de junho de 2020, onde registrou receita em cloud de US$ 184 milhões, crescimento de 30% ano a ano. A receita total foi de US$ 393 milhões, crescimento de 3% ano a ano. O lucro operacional foi de US$ 56 milhões em comparação com US$ 53 milhões no ano passado, um aumento de 5%;

"A NICE obteve mais um trimestre de forte crescimento em cloud, já que as receitas cresceram 30% ano a ano, combinado com um aumento substancial e contínuo na lucratividade", disse Barak Eilam, CEO da NICE. "O desempenho em cloud demonstra como estamos bem posicionados, à medida que empresas de todos os tamanhos se tornam intensamente focadas na agilidade extrema em um ambiente em constante mudança."

"Nosso recente desempenho nos negócios destaca que: 1) mais do que nunca, nossas soluções são de missão crítica, 2) nossas plataformas em cloud são essenciais para permitir um modelo mais flexível de operação, considerando o trabalho em casa e 3) cloud e transformação digital, que são o core do nosso negócio, estão conquistando cada vez mais espaço no mercado corporativo."

Destaques financeiros GAAP para o segundo trimestre encerrado em 30 de junho:

Receitas: as receitas totais do segundo trimestre de 2020 aumentaram 3,4%, para US$ 393,2 milhões, em comparação com US$ 380,4 milhões no segundo trimestre de 2019.

Lucro bruto: aumentou para US$ 257,4 milhões ante os US$ 249,6 milhões do mesmo período no ano passado. A margem bruta do segundo trimestre de 2020 foi de 65,5% em comparação com 65,6% do segundo trimestre de 2019.

Receita operacional: Receita e margem operacional aumentaram para US$ 56,1 milhões e 14,3%, respectivamente, em comparação a US$ 53,5 milhões e 14,1% no segundo trimestre de 2019.

Lucro líquido: o lucro líquido e a margem de lucro líquido aumentaram para US$ 44,6 milhões e 11,3%, respectivamente, em comparação com US$ 42,1 milhões e 11,1% no segundo trimestre de 2019.

Lucro por ação: o lucro por ação aumentou 4,6%, para US$ 0,68, em comparação com US$ 0,65 no segundo trimestre de 2019.

Fluxo de caixa operacional e saldo de caixa: o fluxo de caixa operacional foi de US$ 59,6 milhões. No segundo trimestre, US$ 3,5 milhões foram usados ??para recompra de ações. Em 30 de junho de 2020, o total de caixa e investimentos de curto prazo eram de US$ 1,103 bilhão e a dívida total era de US$ 469,6 milhões.

 

Destaques financeiros não-GAAP do segundo trimestre encerrado em 30 de junho:

Receitas: a receita total não-GAAP aumentou para US$ 395,1 milhões, um aumento de 3,6% em relação aos US$ 381,4 milhões do segundo trimestre de 2019.

Lucro bruto: o lucro bruto e a margem bruta não-GAAP aumentaram para US$ 280,5 milhões e 71%, se comparados com os US$ 270,5 milhões e 70,9%, respectivamente, no segundo trimestre de 2019.

Receita operacional: a receita operacional não-GAAP do segundo trimestre de 2020 e a margem operacional não-GAAP aumentaram para US$ 111,4 milhões e 28,2%. No mesmo período do ano passado, os valores foram, respectivamente, US$ 101,3 milhões e 26,6%.

Lucro líquido: o lucro líquido não-GAAP e a margem de lucro líquido não-GAAP aumentaram para US$ 89,9 milhões e 22,7%, respectivamente, ante os valores de US $ 80,9 milhões e 21,2%, no segundo trimestre de 2019.

Lucro por ação: o lucro por ação não GAAP aumentou 9,6%, para US$ 1,37, em comparação com US$ 1,25 no segundo trimestre de 2019.

Orientação para o terceiro trimestre de 2020:

As receitas totais não-GAAP do terceiro trimestre de 2020 devem ficar na faixa de US$ 403 milhões a US$ 413 milhões. Espera-se que o lucro por ação não-GAAP do terceiro trimestre de 2020 fique na faixa de US$ 1,33 a US$1,43.

Deixe seu comentário