Banda larga móvel 4G cresce em ritmo mais lento em outubro, aponta Anatel

0
17

O número de terminais ativos de banda larga móvel 4G teve uma desaceleração em outubro na comparação com o mês anterior, embora tenha registrado aumento de 32,19%, de acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta terça-feira, 19. O total de acessos 4G no mês atingiu 730,57 mil, contra 552,63 mil em setembro.

Já o total de acessos em banda larga móvel — que de acordo com os critérios da Anatel inclui terminais WCDMA (3G), LTE (4G) e terminais de dados banda larga (modems 3G e tablets) — teve uma ligeira aceleração. O país encerrou outubro com crescimento de 4,89%, somando 92,63 milhões de terminais ativos, contra 88,31 milhões de acessos em setembro — naquele mês a expansão havia sido de 3,52% em relação a agosto, quando foram contabilizados 85,31 milhões de terminais.

Do total, o número de terminais de dados de banda larga (modems 3G) se manteve em aproximadamente 7,04 milhões, ou 2,61% de participação de mercado, os terminais WCDMA atingiram cerca de 85 milhões, respondendo por 31,44% de market share, enquanto os 730,57 mil terminais LTE representaram apenas 0,27% do mercado.

Na telefonia móvel, houve um ligeiro aumento no total de acessos ativos em outubro. Foram registrados 269,92 milhões de acessos móveis, com a ativação de 1,66 milhão de linhas. Deste total, 212,1 milhões foram de acessos pré-pagos (o que representa 78,58% do total) e 57,82 milhões, pós-pagos (21,42%).

A teledensidade, ou o número de acessos por grupo de cem pessoas no país, subiu de 135,28, em setembro, para 136,03, em outubro.

Deixe seu comentário