Decisão de recursos da licitação de nuvem pública do Ministério da Economia adiada para dia 27

0
18

As respostas para recursos e contrarrazões administrativas do pregão nº 18/2020 de contratação de nuvem pública pelo Ministério da Economia foram adiadas para o próximo dia 27, devido ao amplo volume de questionamentos apresentados pelas empresas concorrentes aos atestados apresentados pela EDS, companhia homologada como vencedora.

Segundo os concorrentes, as documentações apresentadas não comprovam a capacidade da EDS no fornecimento de nuvem pública para o Governo Federal.

Um dos questionamentos levantados pela Embratel é um atestado apresentado de instalação de equipamentos Oracle, como se fosse de fornecimento de nuvem pública para a Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro. Em carta, a Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro confirma que os contratos que deram origem aos atestados não se referem à cloud pública ao órgão.

Deixe seu comentário