Zubale levanta US$ 40 milhões para apoiar varejistas no e-commerce

0

A Zubale acaba de levantar uma Série A de 40 milhões de dólares – cerca de 188 milhões de reais. O investimento foi liderado pela QED Investors e a rodada ainda contou com nomes como GFC, Felicis Ventures, Hans Tung (GGV Capital) e investidores existentes, incluindo NFX, Kevin Efrusy (Accel), Wollef e Maya Capital.

O mercado de e-commerce na América Latina é o que cresce mais rápido no mundo, estimado em mais de US$100 bilhões, com expectativa de dobrar até 2025. Os varejistas da região enfrentam grandes desafios na hora de realizar entregas em menos de 60 minutos de forma confiável e consistente –  a Zubale é a solução que permite que os varejistas atendam a essa necessidade e que suas iniciativas de e-commerce sejam bem sucedidas.

"Os varejistas estão sob uma grande pressão dos consumidores para melhorar a experiência de compra em seus canais digitais, oferecendo a mesma velocidade e qualidade de entrega encontrada em aplicativos como Rappi, iFood ou Cornershop. No entanto, garantir esses níveis de serviço e velocidade de entrega exige um esforço tecnológico gigante e investimento de capital intenso, para os quais os varejistas não estão preparados", afirma Sebastian Monroy, Cofundador da Zubale.

''Nós dobramos nossa receita no segundo semestre de 2021 e esperamos dobrar novamente no primeiro semestre de 2022. O interesse e o potencial da nossa região somados a nossa execução e resultados, fizeram com que a rodada fosse duas vezes maior do que o previsto,'' comentou Alisson Campbell, co-fundador da startup.

A Zubale capacita uma ampla gama de varejistas de moda, supermercados, lojas especializadas e farmácias para competir e ganhar de agregadores B2C mantendo seu ativo mais importante: seus clientes. Aproveitando seu software incorporado proprietário, a Zubale atende pedidos de e-commerce para revendedores por meio de seu marketplace de colaboradores independentes, que coletam, embalam e entregam dos ativos do revendedor (lojas, armazéns, dark stores etc.) para seu consumidor final.

"A Zubale está transformando o processo de fullfilment no e-commerce em toda a América Latina. Seu crescimento foi impressionante nos últimos 2 anos, pois eles proporcionam a melhor experiência de compra da categoria, completando mais de 7 milhões de tarefas. Isso permite que a Zubale escale rapidamente com a demanda, mantendo um alto padrão de qualidade", disse Lauren Morton, sócio da QED Investors.

"Ficamos imediatamente impressionados com a visão e execução da equipe Zubale. Sua abordagem para aumentar as oportunidades para colaboradores independentes na região é um grande passo rumo à inclusão financeira e ficamos inspirados com as maneiras de aumentar esse impacto ao longo do tempo. Estamos incrivelmente empolgados por embarcar nessa jornada com eles", acrescentou Morton.

O investimento apoiará os planos da Empresa de acelerar seu crescimento nos mercados atuais e expandir ainda mais na América Latina. A Zubale iniciou suas operações há três anos no México e desde então expandiu-se para a Colômbia, Costa Rica e Peru. Recentemente, iniciou suas operações no Brasil e no Chile, onde já possui alianças com alguns dos mais importantes varejistas da região.

"Nosso objetivo é muito claro – queremos estar presentes, em um período de tempo muito curto, nos seis mercados mais importantes da América Latina. Nos últimos dois anos, crescemos 25% mês a mês e esperamos triplicar nossas receitas em 2022 em comparação com o ano anterior", disse Sebastian Monroy.

Hoje, a empresa tem mais de 150 engenheiros em áreas como produto, ciência de dados, tecnologia e design. O aporte ajudará a Zubale a continuar investindo nesses setores, fortalecer ainda mais sua tecnologia e aumentar sua oferta de produtos. "Usaremos esse dinheiro para investir com sobra em IA e melhorar nossos algoritmos para aumentar a velocidade de entrega e o NPS para nossos clientes B2B", acrescentou Monroy

Por fim, a empresa planeja lançar sua nova vertente: finanças incorporadas. Isso permitirá que a Zubale forneça produtos e serviços financeiros à sua equipe de freelancers. "Este foi o próximo passo claro em nosso negócio, é por isso que queríamos um investidor fintech na mesa e eles ficaram tão empolgados com o modelo de negócios e a força de execução que queriam liderar. Ficamos animados porque vemos isso como a evolução do Zubale", finalizou Campbell.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui