Mapa produzido pela Liga Ventures e GPA identifica 280 HRTechs no País

0

A Liga Ventures em parceria com o GPA anunciam o lançamento do Mapa de HRTechs brasileiras. Ao todo foram mapeadas mais de 280 iniciativas voltadas para o setor de recursos humanos, segmentadas em 19 categorias, como: Educação corporativa (14,54%), Processo seletivo (11,35%) e Saúde Ocupacional e bem-estar (9,57%).

"A conexão com ecossistemas de inovação é um dos pilares de atuação do GPA LabsLabs e, hoje, já contamos com mais de 10 HRTechs parceiras em nosso ecossistema. Com o Mapa de HRTechs conseguimos ter mais visibilidade deste segmento que é tão relevante para a empresa e que está em desenvolvimento constante, além de abrir ainda mais oportunidades para estruturarmos novos projetos de inovação", comenta Monique Cavaletti, Head de Inovação do GPA.

O Mapa de HRTechs também indica que as startups do segmento estão presentes em 60 cidades brasileiras. Os Estados que lideram o ranking de HRTechs são: São Paulo (59,93%), Minas Gerais (9,22%) e Santa Catarina (7,09%). Outro dado revelado pelo estudo é que cerca de 24% das soluções do segmento surgiram a partir de 2019 e 35% delas utilizam tecnologias de Data Analytics e People Analytics em suas soluções.

"Temos consciência de que o setor de RH é essencial para o desenvolvimento de times e, por consequência, das empresas como um todo. Agora, de posse dos dados desse mapa, conseguimos afirmar que o advento da pandemia do covid-19 acelerou ainda mais o lançamento das HRTechs no Brasil. Isso porque foi necessária a adoção de soluções ágeis e eficientes para continuar a estimular e gerenciar times à distância", explica Bruna Silva, Product Manager da Scanner.

O Mapa de HRTechs foi desenvolvido pela Startup Scanner, maior e mais oxigenada base de startups no país, que conta com o apoio da PwC, uma das maiores multinacionais de consultoria e auditoria do mundo. Vale ressaltar que o mapa é vivo e atualizado constantemente na ferramenta, de forma dinâmica. Além disso, as startups podem se cadastrar e fomentar cada vez mais todo o ecossistema de inovação no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui