Intellectual Ventures abre novo processo de patentes contra Motorola Mobility

0
0

A Intellectual Ventures, empresa especializada na compra e registro de patentes de tecnologia, está processando a Motorola Mobility pela segunda vez. Em comunicado divulgado na quarta-feira, 19, a empresa informa que protocolou nova ação judicial por quebra de patentes contra a empresa do Google em um tribunal da Flórida depois de não ter chegado a um acordo com a companhia no processo movido em 2011 e protocolado no Tribunal Distrital de Delaware (EUA), ainda pendente.

No processo original, a Intellectual Ventures alegou que a fabricante de dispositivos móveis violou seis de suas patentes, envolvendo desde a tecnologia de transferência de arquivos entre computadores até de controle de IP e chips de dispositivos móveis. Agora, a empresa diz que a Motorola Mobility infringiu mais uma de suas sete patentes, cobrindo todas as tecnologias de mensagem multimídia e transferência.

"Essas queixas de infrações são um passo necessário para proteger os nossos direitos de patente e cumprir nossos compromissos com investidores, inventores e licenciados", disse a Intellectual Ventures no comunicado.

Ao blog de tecnologia All Things Digital, o Google declarou que está lutando para impedir que o uso de patentes de baixa qualidade por "trolls" gerem uma extorsão de dinheiro de companhias que "realmente inovam e produzem coisas reais". "Nós apoiamos os esforços da Casa Branca e do Congresso para acabar com esses abusos". O gigante das buscas critica o excesso de litígios de patentes envolvendo software e dispositivos móveis. No ano passado, seu diretor jurídico David Drummond declarou que a companhia luta por uma reforma no sistema de patentes dos EUA. 

Deixe seu comentário