França exigirá da União Europeia regulação de gigantes da internet

0
0

A França anunciou que irá pressionar a União Europeia por uma regulação mais ativa de empresas globais de internet como Google, Amazon, Apple e Facebook. A proposta será apresentada durante reunião sobre economia digital, internet e inovação a ser realizada no dia 24 de outubro em Bruxelas, na Bélgica.

Segundo documentos aos quais teve acesso o The Wall Street Journal, o país também irá propor a reforma de regras fiscais para assegurar que empresas da web paguem imposto sobre lucros gerados na União Europeia, bem como a adoção de regras mais rigorosas sobre a proteção de dados pessoais online.

"Não queremos regular a internet, e sim um pequeno número de plataformas da web que hoje bloqueiam a inovação", afirmou ao jornal americano a ministra da Tecnologia da França, Fleur Pellerin. "Precisamos garantir que haja igualdade de condições para todos. A atual situação faz com que seja difícil às empresas europeias a emergirem em uma escala global", acrescentou.

Ainda não está claro o quanto de apoio a França irá obter na Europa, tendo em vista que o governo francês já enfrentou forte oposição interna a cobrança de novos impostos de internet em nível nacional. Procurados pelo jornal, Google, Apple e Facebook se recusaram a comentar as propostas da França. A Amazon não retornou a ligação do repórter.

Deixe seu comentário