Forte demanda por iPhones impulsiona novamente lucro e receita da Apple no trimestre fiscal

0
2

A Apple divulgou nesta terça-feira, 21, o balanço financeiro do terceiro trimestre do ano fiscal de 2015, encerrado em 27 de junho, com uma expansão de 38% no lucro líquido, que totalizou US$ 10,7 bilhões ante US$ 7,7 bilhões contabilizados em igual período do exercício fiscal anterior. A receita também registrou alta, de 32%, e saltou de US$ 37,4 bilhões, um ano antes, para US$ 49,6 bilhões.

De acordo com o informe de resultados, considerando apenas as vendas de iPhones, houve um aumento de 59% na receita no trimestre, para US$ 31,4 bilhões. Em unidades, a venda dos aparelhos totalizou 47,5 milhões no período, alta de 35%. Já a receita com as vendas de iPads tiveram retração de 23%, para US$ 4,5 bilhões, na mesma base de comparação, enquanto a venda de computadores Macs cresceu 9%, somando US$ 6 bilhões.

Apesar da expansão no lucro e na receita, a projeção da Apple para o quarto trimestre fiscal, divulgada junto com os resultados financeiros do terceiro trimestre fiscal, frustrou Wall Street – estimativa de receita entre US$ 49 bilhões e US$ 51 bilhões no período, abaixo da projeção de US$ 51,13 bilhões de analistas de mercado.

Logo após a divulgação do balanço nesta terça-feira, as ações da empresa no after-hours trading da Nasdaq — negociação após o fechamento do pregão normal — atingiram queda de 9%, cotadas a US$ 120,07. No pregão tradicional, os papéis da companhia encerraram o dia com ligeiro recuo de 0,9%, cotados em US$ 130,75.

Deixe seu comentário