Startup gaúcha cria experiência de conhecer bebê antes do nascimento através de tecnologia 3D

0
0

Antes, quando uma mãe grávida queria ver como seu filho seria, tudo que ela podia fazer era um ultrassom, que mostrava uma imagem, mas nada além disso. Apesar de, durante a gravidez, a família já conseguir se sentir próxima do bebê, antes, era só depois do nascimento que era possível realmente senti-lo. Uma empresa de Porto Alegre pretende mudar esse cenário, buscando emocionar os papais e mamães que estão "grávidos".

bebe, 3D

Segundo Fernando Flores, um dos sócios da 3D Protos, garante que esse serviço é exclusivo na capital gaúcha, sendo realizado através da marca Be4Birth. "Através da nossa tecnologia, é possível realizar a impressão em 3D em tamanho real de fetos que ainda não nasceram. Por meio do exame de Ecografia 3D (Ultrassom 3D), nossa empresa usa um  processo pelo qual o arquivo possa ser produzido por uma impressora 3D", explica.

Ele, que é desenhista industrial especializado em impressão 3D, afirma que esse produto pode revolucionar o mercado. "Por meio da nossa tecnologia, além dos futuros pais poderem fazer lembranças e objetos decorativos únicos, também podemos atingir outro segmento: o dos futuros pais que possuem deficiência visual. Para eles, o ultrassom tradicional, apesar de mostrar que o bebê está saudável, não permite ver como seu filho será. A Be4Birth proporciona a experiência única que é ver com as mãos, e sentir como seu bebê é, antes mesmo de nascer", conclui Flores.

Deixe seu comentário