IBM expande poder computacional da linha de computadores quânticos

0
42

A IBM anunciou um novo marco em seu road map de computação quântica, alcançando seu maior Volume Quântico até o momento. Combinando uma série de novas técnicas de software e hardware para melhorar o desempenho geral, a fabricante aprimorou um de seus mais recentes sistemas de 27 qubits, desenvolvido para um cliente, para atingir um Volume Quântico de 64 unidades. A empresa disponibilizou um total de 28 computadores quânticos nos últimos quatro anos por meio do IBM Quantum Experience.

Para alcançar a Vantagem Quântica, o ponto em que certas tarefas de processamento de informações podem ser realizadas de forma mais eficaz ou econômica em um computador quântico em comparação com um computador clássico, são necessários circuitos quânticos aprimorados, que são os blocos de construção das aplicações quânticas. O Volume Quântico mede o comprimento e a complexidade dos circuitos: quanto maior o Volume Quântico, maior o potencial para explorar soluções para problemas do mundo real em todas as áreas da indústria, governo e pesquisa.

A IBM se concentrou em um novo conjunto de técnicas e aprimoramentos que usaram o conhecimento do hardware para executar de forma otimizada os circuitos do Volume Quântico. Esses métodos de hardware são extensíveis e irão aprimorar qualquer circuito quântico em qualquer sistema IBM Quantum, resultando em melhorias nos experimentos e aplicativos que os usuários podem explorar. Essas técnicas estarão disponíveis em lançamentos e atualizações futuras para os serviços do software IBM Cloud e kit de desenvolvimento de software (SDK) de plataforma cross e de código aberto Qiskit.

Deixe seu comentário