Leiloeiro anuncia criação de rede Bom Valor baseada em blockchain

0
0

O leioeiro Ronaldo Sodré Santoro anuncia criação da rede colaborativa de leilão Bom Valor. A iniciativa vem para trazer inovação ao segmento com o uso da tecnologia Blockchain. Isso só se tornou possível devido à expertise de Santoro na área, além dos pilares estruturados em dois fatores, a autenticidade das operações e a segurança oferecida aos usuários.

"Em cinco anos queremos transacionar na nossa rede cerca de R$ 100 bilhões em mercadorias, entre bens móveis e imóveis provenientes de alienação judicial, alienação fiduciária ou patrimônio, sendo público ou privado", explica o empreendedor. Hoje, o mercado movimenta aproximadamente R$70 bilhões no ano. Os primeiros leilões oficiais com registro em blockchain estão sendo testados e têm se mostrados eficazes. É exatamente como um cartório de transação de mercadorias com registro em blockchain.

Para essa mudança de cenário, Santoro adquiriu uma empresa de tecnologia especializada e montou um time multidisciplinar para executar sua ideia. A rede Bom Valor reunirá diversos leiloeiros em uma única plataforma, proporcionando transações autênticas e validadas. Para isso, criaram o ID Bom Valor, uma identidade digital.

"Vamos transformar a profissão do leiloeiro. Eles terão mais potência e poderão chegar aonde nunca conseguiram", completa Santoro. O empreendedor ainda garante que tudo o que as novas tecnologias permitirem exponenciar ao negócio será adotado.

Deixe seu comentário