Mercado Livre lança programa para aproximar meninas latinoamericanas da tecnologia

0
709

O Mercado Livre anuncia o lançamento regional do Conectadas, um programa que busca aproximar jovens mulheres latino-americanas da tecnologia. Com o objetivo de contribuir para reduzir o gap de gênero no setor de tecnologia, a iniciativa pretende aproximar as adolescentes das competências da área, estimulando o interesse e o desenvolvimento de habilidades tecnológicas para que elas possam ter cada vez mais escolhas em relação ao futuro.

Em seu primeiro ano, o programa vai alcançar 1.200 meninas de 14 a 18 anos no Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Colômbia, México e Peru.

O Conectadas é um programa gratuito, que consiste em uma imersão digital de 32 horas, dividida em doze encontros. No Brasil, o programa terá quatro turmas no segundo semestre deste ano. Serão abordados conteúdos sobre transformação digital, resolução de problemas, UX, desenvolvimento de negócios e marketing digital, convidando as participantes a desenvolver soluções tecnológicas e com impacto social. Nesses espaços de encontro, as jovens entrarão em contato com especialistas de diversas áreas e poderão acessar diversas ferramentas de gestão.

Para participar, não é necessário que as jovens tenham conhecimentos prévios na área, apenas o desejo de criar soluções inovadoras baseadas na tecnologia frente a um contexto desafiador. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas no site: http://www.conectadaslatam.la

"De acordo com a UNESCO, apenas 3% daqueles que estudam Ciências da Informação se identificam com o gênero feminino. Por isso, no Mercado Livre, conscientes de nosso papel social cada vez mais relevante, queremos estimular que cada vez mais meninas se apropriem da tecnologia para construir futuros mais inclusivos e gerar impactos positivos nas duas comunidades", explica Laura Motta, Gerente de Sustentabilidade do Mercado Livre.

O Mercado Livre desenvolve o Conectadas em parceria com Chicas en Tecnología (ONG argentina que desde 2015 busca reduzir a lacuna de gênero no ambiente empreendedor) e a {reprograma} (ONG brasileira que busca capacitar e formar mulheres em programação e conectá-las ao mercado de trabalho) para realizar a implantação do programa no Brasil.

"Existe um histórico social e cultural que impede as mulheres, desde crianças, acreditarem que elas podem atuar na área de tecnologia. Pesquisas mostram que a partir dos 6 anos as meninas começam a pensar que não são boas para as exatas, logo cria-se um intelecto de que computador é apenas para meninos. Queremos com o projeto quebrar esses falsos paradigmas e mostrar que carreiras em tecnologia são também para mulheres", destaca Mariel Reyes Milk", destaca Mariel Reyes Milk, Fundadora e CEO da {reprograma}.

"Nossa aliança com o Mercado Livre, desde 2019, abre portas para que mulheres jovens se tornem líderes em tecnologia com impacto social. CONECTADAS é um programa educacional gratuito que permitirá às jovens latino-americanas saber que o mundo da tecnologia é muito mais do que saber programar, elas se conectarão com os profissionais do setor e desenvolverão seus próprios projetos, passando de usuárias a criadoras." diz Florencia Boero, líder regional de comunicação e imprensa da Chicas en Tecnología.

Deixe seu comentário