Walmart e outros gigantes testam blockchain na área de segurança alimentar

0
0

A IBM anunciou nesta terça-feira, 22, que o Walmart, Kroger, Unilever, Nestlé, Dole, Tyson Foods, Golden State Foods e McCormick uniram-se em colaboração para usar blockchain da IBM para rastrear os envios de alimentos e monitorar a segurança alimentar.

Este é o segundo teste que conta com a participação do Walmart em parceria com a IBM. O primeiro, há quase um ano, foi acompanhar os envios de carne de porco na China.

Dificilmente os clientes do Walmart (ou Kroger, ou Nestlé, etc.) saberão que blockchain tinha algo a ver com as papaias, mangas ou costeletas de porco que compram no mercado. Mas se a IBM for acreditada, os compradores se beneficiarão, porque o uso de uma cadeia de blocos para rastrear a cadeia de transporte e fornecimento de alimentos poderá "rastrear o produto contaminado na origem em um curto espaço de tempo e garantir a sua remoção segura das prateleiras das lojas", informou a IBM em comunicado à imprensa.

Deixe seu comentário