Samsung terá de pagar mais US$ 290 milhões à Apple por quebra de patentes

0

A longa batalha travada nos tribunais entre a Apple e a Samsung continua. Um júri da corte de San Jose, na Califórnia, determinou na última quinta-feira, 21, que a Samsung pague US$ 290 milhões à Apple por ter infringido cinco patentes da fabricante americana em 13 de seus dispositivos. Apesar da vitória, o valor é menor do que os US$ 380 milhões que a Apple esperava receber. Já a fabricante coreana sustentava que devia apenas pagar US$ 52,7 milhões.

Com a nova indenização, as multas impostas à Samsung por violação de patentes da fabricante do iPhone já somam cerca de US$ 930 milhões. No ano passado, o mesmo júri determinou que a fabricante coreana pagasse US$ 1,052 bilhão à empresa americana por ter quebrado patentes em seus smartphones e tablets. Em abril deste ano, a Apple também foi "premiada" com mais US$ 40 milhões em outro caso de patentes envolvendo o smartphone Galaxy S II da Samsung.

Em uma declaração ao site de notícias Business Insider, um representante da Apple afirmou que a batalha com a Samsung "sempre foi mais do que patentes e dinheiro, mas sim sobre inovação e o trabalho duro para criar produtos. Somos gratos ao júri por mostrar à Samsung que a cópia tem um preço".

Já a empresa coreana declarou estar decepcionada com a decisão, que se baseia em grande parte em uma patente que o United States Patent and Trademark Office, órgão de patentes dos Estados Unidos, considerou inválida. "Enquanto avançamos com os nossos movimentos pós-julgamento, continuaremos a inovar com tecnologias inovadoras e produtos que são amados por nossos muitos clientes em todo o mundo", disse a Samsung.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui