Telecom alcança 59 milhões de usuários na internet

0
11

O distanciamento social imposto pela pandemia causou um grande impacto nos hábitos de consumo da sociedade. O recente análise da Comscore, intitulado "Telecom Report" apresenta as mudanças nessas tendências dentro do segmento Telecomunicações, identificando como o processo de transformação digital, uso de videoconferências, trabalho remoto e aulas online impactaram no comportamento da categoria. O relatório registrou que 63% dos usuários prezam mais pela qualidade na escolha de um provedor de Telecom. Outros fatores que impactam essa decisão são cobertura (51%), ofertas especiais (25%), imagem da operadora (23%) e planos flexíveis (22%).

"Esses insights podem traduzir o fato que mais da metade (55%) dos usuários utilizam os serviços de telecomunicações tanto para o uso pessoal quanto profissional, enquanto 41% consomem somente para o uso próprio – o que faz com que a qualidade do serviço seja um atributo tão essencial. Isso também é reflexo do trabalho remoto, que exige uma conexão confiável e eficaz", comenta Alejandro Fosk, Gerente Geral da Comscore na América Latina.
O relatório também aponta que o ticket médio individual em planos de celulares mais usual entre os consumidores brasileiros varia entre R$30 a R$59,99 no mês, uma fatia de 38% dos usuários, que corresponde a 43 milhões de pessoas. Entre eles, a conectividade é utilizada para acessar plataformas de redes sociais, consultar apps de multisserviços, entretenimento, serviços, games e varejo.

Além disso, a análise mostra que, no total, a categoria de telecomunicações alcança 59 milhões de usuários (47% na população total). Entre eles, 51% são mulheres, 34% têm mais de 45 anos, 27% têm entre 25 e 34 anos, 26% são adultos entre 35 e 44 anos, e 14% são jovens entre 18 e 24 anos; grande parte deles tem interesse em serviços promocionais. Ainda de acordo com a Comscore, os top players no segmento são, respectivamente, Vivo (18,3%), Claro (15,4%), TIM (13,5%), Oi (10,7%) e Nextel (3,5%).

Entre janeiro e setembro de 2021, o Facebook foi a plataforma com a maior audiência em telecomunicações, sendo também destaque em relação aos comentários recebidos, ao lado do Instagram. Já em relação ao interesse dos usuários de telecom nas ferramentas sociais, 99% acessam o YouTube, 94% utilizam o Facebook, 89% consomem conteúdo do Instagram, 46% do TikTok, 32% do Twitter e 18% do LinkedIn.

Deixe seu comentário