Healthtech cria dispositivo que pode detectar sintomas da coronavírus a distância

0
0

Criada em 2015, a healtech Biologix desenvolveu um pequeno sensor portátil que o paciente encaixa no dedo da mão na hora de dormir para medir apneia, que agora está sendo usado pode ajudar a acompanhar remotamente pacientes com suspeita ou com sintomas brandos de COVID-19.

O sistema é composto por um sensor colocado na ponta do dedo indicador, que capta dados de saturação de oxigênio e a frequência cardíaca do paciente. Os dados são coletados em tempo real por um aplicativo de celular. O programa envia as informações para o painel de controle da equipe médica que está monitorando o paciente.

Ao detectar uma queda na saturação de oxigênio, que é um dos principais indicadores do agravamento do quadro de Covid-19 e que também ocorre na apneia, em que há paradas respiratórias associadas a queda do nível de oxigênio no sangue, a equipe de monitoramento entra em contato com o paciente ou seu acompanhante.

Se além da queda na saturação de oxigênio e da frequência cardíaca o paciente ou seu acompanhante relatar febre, aumento da dificuldade para respirar, tosse e fadiga, entre outros sintomas, recebem orientação para procurar um hospital.

O projeto tem apoio do Programa da Fapesp, a tecnologia será testada por dois hospitais privados em São Paulo. A startup está incubada na EretzBio do Einstein.

Deixe seu comentário