Oi lança dispositivo de segurança para sites e aplicações web

0
135

A Oi Soluções amplia seu portfólio de segurança cibernética com o lançamento do produto Web Appplication Firewall (WAF). A solução combina inteligência artificial e aprendizado de máquina para combater ameaças, representando uma evolução dos firewalls tradicionais. A unidade registrou crescimento de cerca de 60% na sua receita desses serviços em 2020 em relação a 2019.

Com o aumento e a sofisticação dos ataques virtuais, os tradicionais dispositivos de segurança de rede firewalls precisaram ganhar camadas extras de segurança para garantir a proteção dos dados dos clientes e das empresas. Enquanto os modelos tradicionais necessitam de uma parametrização manual, o Web Application Firewall (WAF) combina inteligência artificial e aprendizado de máquina para identificar com mais agilidade e precisão os tráfegos maliciosos. Em um formulário para preenchimento apenas com números, por exemplo, se o usuário digitar um caracter especial ou letra, o sistema transmite um alerta de ação fora do comportamento esperado que pode indicar uma tentativa de violação.

Uma das principais vantagens do WAF é ser 100% baseado em nuvem no modelo SaaS (Software as a Service), não existindo demanda de infraestrutura física e de compra de equipamentos para as empresas. Além disso, a solução também auxilia na economia de gastos, visto que o tráfego proveniente de ataques consome internet, infraestrutura e recursos operacionais. "O WAF cria um escudo entre o aplicativo da web e a internet, sendo uma solução fundamental para as empresas sobretudo neste momento de aumento expressivo dos ciberataques em decorrência do avanço da digitalização dos negócios", defende Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing da Oi Soluções.

O WAF promete proteção contra as dez ameaças de segurança mais críticas identificadas pela comunidade Open Web Application Security Project (OWASP) ou Projeto Aberto de Segurança em Aplicações Web, como os ataques DDoS, Cross-Site-Scripting, que é a inserção de scripts maliciosos, e o SQL Injection, manipulações feitas a partir de falhas na codificação. A nova solução complementa o portfólio de segurança cibernética da Oi Soluções que já possui os serviços Segurança de Perímetro (MSS), Anti-DDoS, DNS Security, Endpoint Security EDR, VPN Corporativa, Autenticação Multifator e Análise de Vulnerabilidade.

Deixe seu comentário