Diretor da Claro diz que IoT precisa beneficiar quem está investindo no Brasil

0
5

O diretor-executivo Jurídico e Regulatório da Claro, Oscar Petersen, em sua apresentação durante o Painel Telebrasil 2018, que ocorre até esta quinta-feira, 24, em Brasília, defendeu ao abordar o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) no Brasil, que três pontos são importantes: a desoneração fiscal do Fistel; o licenciamento de estações radiobase, que em algumas cidades, como São Paulo, ainda é muito difícil, sendo que em 5G haverá necessidade de muito mais ERBs; e o roaming permanente.

"Seria uma loucura permitir que uma empresa estrangeira embarcasse chips e os ativassem na rede aqui, com quem tem acordo, e, assim, passassem a atuar no País, sem pagar imposto", completou.

Deixe seu comentário