Reino Unido pretende excluir Huawei como fornecedora de redes 5G até 2023

0
0

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, está elaborando planos para eliminar gradualmente os equipamentos Huawei das redes 5G do país dentro de três anos, informa o Financial Times, citando autoridades do governo.

Membros do parlamento conservador querem garantir que as redes de telecomunicações do Reino Unido, incluindo a infraestrutura de telefonia móvel 5G, não incluam equipamentos da Huawei além de 2023, com base no comprometimento da segurança nacional.

Em janeiro, Johnson concedeu à fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações um papel limitado no fornecimento de equipamentos para as redes 5G do país, limitando a participação de mercado da Huawei a 35%. Ele também proibiu o uso dos equipamentos da empresa no núcleo crítico das redes móveis, onde os dados são roteados e armazenados.

Empresas que poderiam se beneficiar da exclusão da Huawei das redes do Reino Unido: Ciena, Nokia e Infinera.

Deixe seu comentário