Lucro da EMC cai 16%, mas receita cresce 5% no segundo trimestre

0
11

A EMC, fabricante de software e equipamentos para armazenamento de dados, encerrou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido de US$ 589 milhões, o que representa uma queda de 16% na comparação com os US$ 701 milhões registrados em igual período de 2013. Por outro lado, a receita consolidada no trimestre foi de US$ 5,8 bilhões, aumento de 5% em relação aos US$ 5,6 bilhões obtidos no mesmo trimestre do ano anterior.

A fatia arrecadada com produtos foi a maior da receita total, contabilizando US$ 3,3 bilhões e alta de 3%, enquanto o montante obtido com serviços foi de US$ 2,5 bilhões, 8% superior que o registrado no segundo trimestre do ano passado. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) somou US$ 809 milhões, cifra 16% menor que os US$ 966 milhões apurados um ano antes.

Já a receita da Pivotal, joint venture formada pela EMC e VMware que atua como fornecedora de serviços, software e soluções de TI, cresceu 29% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto a receita no período da VMware, empresa especializada em virtualização e em infraestrutura para nuvem, subiu 17% ano sobre ano.

Ainda de acordo com o informe de resultados, a EMC recomprou US$ 600 milhões em ações ordinárias da empresa no período e retornou US$ 200 milhões para os acionistas através de um dividendo trimestral.

Deixe seu comentário