Google enfrenta pedido de concessões da UE no acordo Fitbit

0
23

A União Européia está buscando maiores concessões do Google para autorizar sua compra do Fitbit por US$ 2,1 bilhões, para que aconteça sem obstáculos.

Segundo o jornal Financial Times, a UE quer que o Google prometa que os dados não serão usados para "melhorar ainda mais" sua vantagem na pesquisa geral, e que terceiros terão acesso igual.

Em uma declaração anterior, o Google se ofereceu para não usar dados de saúde para segmentar anúncios, dizendo "Este acordo é sobre dispositivos, não dados".

Os observadores antitruste da Europa já estenderam o prazo provisório para decidir sobre o acordo até 4 de agosto; se o Google rejeitar as novas exigências da UE, provavelmente haverá uma longa investigação.

Deixe seu comentário