Rede social Inohub estimula colaboração entre profissionais de empresas inovadoras

0
47

A Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) colocou em operação, há pouco menos de três meses, o Inohub, uma rede social criada com objetivo de estimular o trabalho colaborativo e a troca de conhecimento entre profissionais de médio e alto escalão de empresas brasileiras que mais investem em inovação.

Para participar do Inohub, a empresa precisa ser associada da Anpei. Cada associado tem uma quantidade de acessos proporcional ao seu porte. As organizações de maior porte podem ter até 100 acessos gratuitos.

"O Inohub une pessoas e organizações para estimular a inovação no Brasil, já que a colaboração em rede alavanca, potencializa e muitas vezes viabiliza o desenvolvimento de produtos, serviços e soluções", diz Carolina Matos, uma das líderes do projeto na Anpei.

Carolina diz que a nova rede funciona nos moldes do Facebook, com perfis individuais e comunidades livres e restritas para construção de conhecimento. Os temas em discussão hoje são inovação radical, redes internacionais, energia, petróleo e gás, biotecnologia, design, tecnologias verdes, entre outros.

Além desses temas, a executiva informa que estão em operação as comunidades do Educanpei, do qual participam professores e alunos do programa de formação profissional mantido pela Anpei, e cinco comitês temáticos, que são a extensão de um trabalho presencial feito por profissionais de empresas associadas à entidade.

De acordo com a executiva, em 2014 terá início a segunda fase de implementação da plataforma, com abertura da rede para membros de entidades como Sebrae, Anprotec, universidades brasileiras e estrangeiras, financiadores de inovação e governo do Brasil e de outros países, entre outras.

A Anpei reúne  168 empresas que investem continuamente em pesquisa, desenvolvimento e inovação, como Petrobras, Vale, Braskem e Natura, entre outras.

 

Deixe seu comentário