AMD e Oracle colaboram para fornecer solução na nuvem

0
0

A AMD anunciou a disponibilidade da primeira instância baseada no AMD EPYCTM no Oracle Cloud Infrastructure. Com esse anúncio, a Oracle se torna o maior provedor de nuvem pública a ter uma versão Bare Metal do AMD EPYCTM. A série "E" baseada em EPYC, da AMD, liderará com o padrão bare-metal "E2", disponível imediatamente como o primeiro tipo de instância dentro da Série. Por US$ 0,03 / hora núcleo, a instância do AMD EPYC é, em média, 66% menor do que as instâncias de propósito geral oferecidas pela concorrência1 e é a instância mais econômica disponível em qualquer nuvem pública.

Além da oferta bare-metal, o lançamento de hoje também apresenta as formas VM de um, dois, quatro e oito núcleos. A nova oferta tira proveito da contagem de núcleos, largura de banda de memória, capacidade de I/O líderes do setor, além dos recursos avançados de segurança que acompanham o processador AMD EPYC. Embora ideal para cargas de trabalho de computação em nuvem de uso geral, a oferta também oferece suporte a aplicativos Oracle.

Com 64 núcleos por servidor e 33% mais canais de memória do que as instâncias X86 comparáveis, a instância Standard E2 é ideal para cargas de trabalho de análise de dados que exigem núcleos mais altos e largura de banda de memória. Dentro do ecossistema Hadoop, a AMD possui parcerias com todos os principais fornecedores, incluindo Cloudera, Hortonworks, MapR e Transwarp. Em uma execução completa do Terasort de 10 TB, a instância da AMD demonstrou uma economia de 40% no custo por Terasort, em comparação com outras instâncias x862.

Deixe seu comentário