CBA Automotiva contrata segurança como serviço

0
0

A distribuidora brasileira de autopeças CBA Automotiva adotou um novo modelo de tecnologia para garantir a segurança dos dados,e continuidade da operação de suas oito unidades – matriz em Santo André (SP) e sete filiais espalhadas pelo País. A empresa por meio da integradora paulista WTSNET contratou serviço de gestão da segurança como serviço com investimento mensal de apenas RS$ 500,00 por appliance Cyberoam e serviço de suporte mensais por unidade da organização.

Com ambiente bastante distribuído, a companhia contava anteriormente apenas com um sistema de segurança baseada em ambiente Linux instalado na matriz e em uma das filiais – as demais unidades não eram suportadas por essa plataforma de segurança. Com isso, o ambiente estava bastante vulnerável e, no caso de falhas em algum dos links de internet, era necessário restabelecer o sistema manualmente – o que consumia muito tempo e paralisava a comunicação/operação da empresa por longo período.
Além da sede, a CBA possui filiais nas cidades de Sertãozinho (SP), no Rio de Janeiro (RJ), Cidade da Serra (ES), em Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO), Tijucas (SC) e Porto Alegre (RS).

De acordo com Josué Moraes da Silva, gerente de TI da CBA Automotiva, a plataforma da Cyberoam trouxe muita estabilidade ao sistema de segurança da empresa e de acesso à comunicação. "Como o firewall possui recursos de failover, em caso de falhas em algum link de comunicação, o sistema detecta o problema e outro equipamento assume a operação de forma automática, além disso, essa plataforma promove o balanceamento de carga e permite a criação de grupos para políticas de segurança diferenciadas, de acordo com o perfil de cada grupo. Ou seja, a área financeira tem acesso a determinadas aplicações e a websites que a área comercial não tem e vice-versa", exemplifica.

"Antes, com a tecnologia baseada em Linux, tínhamos o custo de R$ 900,00 reais por mês. Hoje, estamos investindo mais, porém, o valor agregado que a plataforma traz – impedindo as paralisações da companhia, tendo visibilidade sobre todas as redes tornando a empresa mais segura", esse investimento se paga", aponta o gerente de TI.

"Antes de implantarmos a solução da Cyberoam, houve casos de passarmos horas sem conexão em algumas unidades e isso estava se tornando frequente porque não se encontrava solução para esse problema. Essa vulnerabilidade tem efeito direto na minha relação com o cliente", enfatiza.

Além disso, a gerência estava sentindo necessidade de controlar o acesso dos funcionários à internet, preocupada com a produtividade dentro da empresa. "Eu acho que o controle é sempre necessário, mas a gente tem que ser flexível e não pode engessar a empresa em função de um controle", pondera o gerente, lembrando que a solução da Cyberoam permite o acesso a aplicações e sites que não são exclusivamente de uso corporativo, mas que podem auxiliar os funcionários em seu trabalho.

Para João Gabriel Dearo, diretor da WTSNET, optamos pela plataforma da Cyberoam porque seus firewalls de nova geração oferecem controle com a Camada 8 baseada em identidade do usuário, visibilidade e controle de cada aplicativo, VPN, relatórios etc que ajudam as empresas a fortalecerem sua segurança na rede (de qualquer lugar e a qualquer tempo) resultando em benefícios como: flexibilidade, conformidade, continuidade de negócios sobre uma plataforma única. "A Cyberoam oferece segurança para proteger desde datacenters virtuais até qualquer tamanho de empresa ou escritórios remotos (virtuais). Além disso, seus equipamentos possuem preços bem mais competitivos que os de seus concorrentes", conclui.

Deixe seu comentário