Interactive Intelligence aumenta receita, mas fecha 2014 com prejuízo de US$ 41 milhões

0
13

A mudança do modelo de negócio para a nuvem e uma despesa de imposto de renda de US$ 33,4 milhões contribuíram para que a Interactive Intelligence, fornecedora global de soluções de computação em nuvem e serviços, a encerrar 2014 com prejuízo de US$ 41,3 milhões, sendo que somente no quarto trimestre do ano a perda atingiu US$ 29,8 milhões. A empresa havia fechado 2013 com lucro de US$ 9,5 milhões e encerrado o quatro trimestre com ganho de US$ 3,5 milhões.

Entretanto, a receita no ano subiu 7% no ano, de US$ 318,2 milhões em 2013 para US$ 341,3 milhões, e cerca de 2% no quarto trimestre, passando de US$ 90,7 milhões um ano antes para US$ 92,5 milhões.

A Interactive Intelligence atribui o bom desempenho das receitas ao aumento dos pedidos. No quarto trimestre, o total de pedidos cresceu 22% em relação ao mesmo período de 2013, com os pedidos baseados na nuvem crescendo 42%. Durante o quarto trimestre, 78 pedidos foram superiores a US$ 250 mil, incluindo 21 pedidos superiores a US$ 1 milhão.

No ano, o total de pedidos aumentou 11% em relação a 2013 e os pedidos baseados na nuvem cresceram 29% de um ano para o outro. Os pedidos baseados na nuvem representaram 59% do total de pedidos durante o ano total de 2014.

A empresa gerou US$ 1,3 milhão decorrente de atividades operacionais no quarto trimestre e usou US$ 4,3 milhões para despesas de capital, incluindo a expansão de sua infraestrutura de nuvem, e capitalizou US$ 7,3 milhões para custos de desenvolvimento do PureCloud, serviço de colaboração empresarial baseado na nuvem.

Deixe seu comentário