Mercado Livre cresce 30% em receita líquida em 2016

0
0

O Mercado Livre encerrou o ano com receita líquida anual de US$ 844,4 milhões, um crescimento de 30% em dólares comparando com 2015. O Brasil – maior mercado da companhia – registrou um dos melhores resultados de sua história, com crescimento de 57% em dólares e 60% em Reais no ano, atingindo receita líquida de US$ 455 milhões, ou mais de R$ 1,5 bilhão.

Na América Latina foram vendidos 181,2 milhões de itens, 41% a mais do que no ano anterior, resultando em um GMV (Volume Bruto de Transações) de US$ 8 bilhões.

O Mercado Pago processou 138,7 milhões de transações de pagamento em 2016, um crescimento de 72,6% ano sobre ano. Este total de transações gerou um TPV (Volume Total de Pagamentos) de US$ 7,8 bilhões, o que significa um incremento de 52,7%.

A unidade de negócios de logística Mercado Envios entregou 86,5 milhões de itens, um crescimento de 91,4% no ano.

A receita líquida da companhia no período fechou em US$ 256,3 milhões, crescimento de 42% em dólares e 68% em moeda constante.

O GMV da companhia foi de US$ 2,2 bilhões, crescimento de 11% em dólares e de 48,3% em moeda constante. O crescimento em itens vendidos no período foi de 40,2%, totalizando 51,6 milhões de itens.

O Brasil registrou um crescimento de 92% em dólares no trimestre e de 65% em Reais – resultado que permite à companhia afirmar que este foi o melhor trimestre de sua história no país.

Internet móvel

O uso dos dispositivos mobile é um dos maiores fatores de conquista de novos usuários na plataforma: 66% da entrada de novos usuários se dá por plataformas móveis (aplicativo ou versão móvel do site). No período, o volume transacionado no mobile cresceu 98,7% em moeda constante.

Cerca de 1300 marcas e grandes varejistas passaram a anunciar no Mercado Livre em 2016, fazendo parte da estratégia de Lojas Oficiais.

Deixe seu comentário