FCC aumenta o espectro Wi-Fi 6 em cinco vezes

0
0

A FCC (Federal Communications Commission), órgão regulador da área de telecomunicações e radiodifusão dos Estados Unidos, abriu uma ampla faixa de espectro sem fio para uso não licenciado por dispositivos Wi-Fi. A decisão libera mais de 1.200 MHz de largura de banda adicional para dispositivos Wi-Fi 6E , cujas redes passam a contar com capacidade para a transmissão de mais dados e suporte a conexões simultâneos.

"Para acomodar esse aumento na demanda por Wi-Fi, a FCC tem como objetivo aumentar a oferta de espectro Wi-Fi com a nossa iniciativa mais ousada ainda: disponibilizar toda a banda de 6 GHz para uso não licenciado", diz o anúncio da FCC sobre o plano de votação . "Ao fazer isso, aumentaríamos efetivamente a quantidade de espectro disponível para Wi-Fi em quase cinco veses".

A FCC considera a mudança um benefício para os consumidores, e disse que a decisão "aumentará nossa liderança em tecnologias sem fio de última geração, incluindo 5G".

A banda de 6 GHz pode acomodar até sete canais de 160 MHz de uma só vez. A latência também é muito menor na faixa de 6 GHz, porque não existem dispositivos Wi-Fi de geração mais antiga operando nesse espectro para desacelerar as coisas. Isso dá à banda de 6 GHz o potencial de servir como uma via expressa de várias vias exclusivas para dispositivos Wi-Fi equipados para tirar proveito, todos eles usando o Wi-Fi 6, a versão mais nova, mais rápida e mais eficiente de Wi-Fi.

Em um comunicado divulgado após a votação, o presidente da FCC, Ajit Pai, apontou o surgimento do Wi-Fi 6 como um motivador essencial por trás da decisão. "Para perceber esse potencial, precisamos de redes Wi-Fi mais rápidas e mais fortes", escreveu. "Mas, para aproveitar ao máximo os benefícios do Wi-Fi 6, precisamos disponibilizar mais espectro de banda média para uso não licenciado. Já faz muito tempo desde que fizemos isso e os consumidores merecem".

Os novos chipsets Wi-FI 6E para roteadores e dispositivos móveis já estão definidos para entrar nos dispositivos de próxima geração. A indústria de Wi-Fi também sinalizou forte apoio à mudança. Em janeiro, a Wi-Fi Alliance anunciou a nova designação Wi-Fi 6E para dispositivos equipados para operar nesse espectro de 6 GHz.

Deixe seu comentário