CERC processa 100 mil transações por segundo utilizando nuvem da Google

0

O uso de nuvem para armazenamento de dados e tecnologias do Google Cloud, como Google Kubernetes Engine (GKE), Cloud Spanner, Cloud SQL e BigQuery, aliadas a ferramentas que asseguram robustez e flexibilidade nos serviços, têm permitido à CERC, infraestrutura de mercado financeiro especializada no registro de recebíveis, a efetuar 100 mil transações por segundo.

Infraestrutura do mercado financeiro (IMF) e a primeira registradora especializada em recebíveis autorizada pelo Banco Central (BC) a atuar no Brasil, a CERC utiliza o serviço de nuvem desde quando iniciou suas operações no ano de 2015, sendo hoje um case de sucesso no portfólio de clientes Google Cloud.

Segundo Fernando Fontes, CEO da CERC, desde o início da empresa, ficou evidente a necessidade de uma estrutura tecnológica capaz de poder armazenar e administrar milhares de dados, evitando riscos de instabilidade ou perda de desempenho.

"Atuamos no mercado financeiro oferecendo a centralização de dados dos ativos de milhares de empresas, o que auxilia no crescimento escalonado do mercado e na oferta de mais crédito a empresas. Por isso, a adoção de tecnologias que permitam essa escalabilidade é essencial para nossa oferta de serviços", afirma Fontes.

Com a implementação, a arquitetura da CERC atualmente suporta sozinha mais de 80% do total de transações do mercado brasileiro de recebíveis de cartões. A escalabilidade, o controle e redução de custos, somados à robustez da plataforma e à facilidade em gerenciar ambientes complexos, são alguns dos benefícios observados pela empresa a partir do uso do Google Cloud.

"Podemos afirmar que, graças ao uso das tecnologias do Google Cloud, hoje a CERC processa diariamente um volume de transações superiores ao processamento da bolsa de valores e também às transações em PIX, um dos meios de pagamento instantâneos eletrônicos mais usados no País desde sua implementação", analisa Fontes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui